terça-feira, 30 de agosto de 2011

Escolas Estaduais comandam o Cortejo Cultural nos bairros populosos de Natal

Estudantes tomam conta das principais ruas das Rocas Foto: Nilton Rocha





Alunos de Escolas Estaduais mostram o seu vigor e comandam o Cortejo Cultural que movimentou os bairros populosos de Natal. Na tarde da última quinta-feira (25), mais de 4 mil estudantes, vindos de Escolas Estaduais da zona leste da Capital e de cidades do Seridó e do Vale do Açu, mobilizaram com a força da Cultura e do Saber os bairros de Petrópolis, Alecrim, Cidade Alta, Rocas, Ribeira, Praia do Meio e Santos Reis.

Tal demonstração de força da Escola Pública impulsiona e consagra a iniciativa dos Cortejos Culturais dentro do grande programa do Governo do Rio Grande do Norte, o "Agosto da Alegria". As pessoas que saíram de suas casas para acompanhar a movimentação dos jovens estudantes se depararam com o saber popular explicitado pelo "Bumba Meu Boi", pelo "Araruna", "Boi de Reis", e vários outros folguedos.

O Cortejo contou com a participação da Banda Marcial da Escola Estadual Atheneu Norteriograndense (Petrópolis), com a Fanfarra da Escola Estadual Padre Monte (Rocas), Banda Marcial da Escola Estadual Padre Miguelinho (Alecrim), Banda Marcial da Escola Estadual Winston Churchill (Cidade Alta), Escola Estadual Isabel Gondim (Rocas), Dança Araruna da Escola Estadual Tiradentes, Escola Estadual Alfredo Pegado, Escola Estadual Café Filho (Rocas), Escola Estadual Selva Capistrano Lopes, Balé da Escola Estadual Professor Severino Bezerra de Melo (Mãe Luíza), Banda Marcial da Escola Estadual Josefa Sampaio (Santos Reis).

Fanfarra de Escola Estadual à frente da grande mobilização cultural  - Foto: Nilton Rocha
Também participam do Cortejo a Fanfarra da Escola Estadual Joaquim José de Medeiros (Cruzeta), Fanfarra da Escoa Estadual Monsenhor Amâncio Ramalho (Currais Novos), Escola Estadual Juscelino Kubitschek (Assu), Escola Tristão de Barros (Currais Novos), e Escola Poeta Celestino Alves (Currais Novos).

A Secretária de Educação, professora Betânia Ramalho, destaca a participação dos alunos no Cortejo como uma oportunidade de formação para a educação cidadã multiplicadora. "Essa feliz iniciativa do Governo oferece a todos os seus protagonistas um interessante intercâmbio sócio-cultural com a troca de experiências com outras comunidades e municípios, com desdobramentos no enriquecimento curricular da Educação do Estado", afirma Betânia Ramalho.

"Estamos promovendo este grande intercâmbio entre os jovens e mostrando a força de nossas escolas na valorização do que temos de melhor na Cultura" disse a diretora da 9ª Dired (Diretoria Regional de Educação), professora Ivânia Torres.

Para o diretor da Escola Estadual Café Filho, professor José Bilac de Araújo, o governo está fazendo algo de muito positivo com a presença das escolas nas ruas em Cortejo Cultural. "É uma coisa belíssima ver esse Cortejo Cultural sendo feito a partir das Escolas do povo", destacou José Bilac.

A&nbspmovimentação foi concluída na  Praia do Meio com show e apresentações dos alunos das escolas estaduais,  no final da tarde desta quinta feira (25), com a presença da governadora Rosalba Ciarlini.

O Cortejo Cultural, realizado nas quatro regiões administrativa de Natal, é feito através de parceria entre a Secretaria Estadual da Educação, Secretaria Estadual Extraordinária de Cultura, e Fundação José Augusto. O Projeto deve movimentar em suas quatro edições mais de 12 mil estudantes de escolas estaduais.

O Cortejo Cultural faz parte do Projeto Agosto da Alegria, uma promoção&nbspdo Governo do Rio Grande do Norte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário