segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Aula de Campo da Escola Rômulo Wanderley leva estudantes a Mina Brejuí

O projeto de Aulas de Campo desenvolvido por professores da Escola Estadual “Rômulo Wanderley” leva estudantes do Ensino Fundamental até a Mina Brejuí na cidade de Currais Novos, Sertão do Rio Grande do Norte.

Estudantes participam de aula de campo na Mina Brejuí - Foto: Mytercia Bezerra
A Aula de Campo levou os alunos da Zona Norte de Natal, onde fica localizada a Escola “Rômulo Wanderley”, até as trilhas do Trairí, cidade de Santa Cruz, e da região Seridó, municípios de Currais Novos e Caicó, no dia 27 de agosto.

O objetivo dos professores é sair da sala de aula convencional, ultrapassar os portões da Escola e os limites da Cidade, e ampliar o conhecimento dos alunos proporcionando uma verdadeira viagem por aspectos históricos, econômicos, culturais, sociais e ambientais, de importantes regiões do Rio Grande do Norte, como é o caso do Seridó.

“Conseguimos aumentar o conhecimento de nossos alunos sobre o Seridó e a mineração. Trabalhamos também outros aspectos como a questão da seca e das tradições regionais”, acrescentou a professora Mytercia Bezerra.
O Projeto de Aulas de Campo vem sendo executado desde o ano de 2005. Participam os professores Mytercia Bezerra da Silva (Ciências), Leoporcino dos Santos (Geografia), Zoraide Pereira (Português), Astíages Siqueira (Inglês), e Marluce Galdino (História). O objetivo é juntar a teoria à prática através da integração de disciplinas dentro de ações de caráter pedagógico.

Na Aula de Campo ao Seridó do Rio Grande do Norte foram trabalhados aspectos da Geografia como: clima, vegetação, relevo, hidrografia, e a atividade econômica da Mina Brejuí. Em Ciências, foram trabalhados com os alunos aspectos como: processo de extração da Scheelita, cuidados adotados na atividade extrativa da Mina Brejuí, cuidados adotados na Mina para diminuir impactos ambientais, e a atração turística da antiga Mina. 

Na História, foram estudados aspectos como: a história da Mina Brejuí, e a importância da Mina para a trajetória econômica da região. Nas Artes, foram trabalhados os aspectos: arte culinária da região, e a arquitetura colonial das edificações e das Igrejas de Currais Novos. No Inglês, foram trabalhados aspectos como: a atração turística da Mina e a presença de estrangeiros na região.

“Iniciativas como essa servem para impulsionar o Ensino Público e aumentar os níveis de conhecimento tanto de estudantes, como de professores. É também uma demonstração de que a Escola Estadual permanece viva e com amplas condições de avançar. Nosso trabalho vai ser garantir que esse avanço aconteça com consistência e em todas as partes do Estado”, afirmou a secretária adjunta da Educação, professor Adriana Diniz.

No ano passado, a Aula de Campo dos professores da Escola “Rômulo Wanderley” foi realizada, no mês de abril, com viagem dos alunos a tradicional Feira das Rocas.  Na Feira, que existe desde o ano de 1928, os alunos tiveram contanto com os comerciantes locais e sua linguagem característica, as condições ambientais de higiene, e a forma ingênua e espontânea dos mercadores locais venderem seus produtos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário