domingo, 9 de outubro de 2011

SESI submete seu ensino fundamental à avaliação do MEC

O Serviço Social da Indústria (SESI) decidiu submeter seu ensino fundamental - do 1º ao 9º ano - à avaliação do Ministério da Educação, com o objetivo de obter metodologia para melhorar o ensino. Sete mil alunos do SESI farão a Prova Brasil, que mede o rendimento escolar e as condições pedagógicas na educação fundamental.
O exame, que analisa apenas as escolas, sem dar notas aos alunos, foi desenvolvido pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) e será aplicado entre 7 e 18 de novembro próximo em mais de 260 das 514 unidades do SESI em todo o país. O Inep divulgará o resultado em maio de 2012.
A gerente-executiva da Unidade de Educação Básica do SESI, Mara Ewbank, explica que a Prova Brasil permitirá que o SESI se conheça melhor, usando uma metodologia consolidada e desenvolvida fora do sistema. “O principal ganho é a possibilidade de propor ações mais diretas para melhorar o ensino”, ressalta.
A Prova Brasil pratica a metodologia chamada Teoria de Resposta ao Ítem, que permite uma avaliação mais homogênea dos estudantes. A Prova Brasil será aplicada também em outras 60 mil unidades de ensino básico público. O exame integra o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), de onde deriva o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que mede a qualidade do ensino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário