Pular para o conteúdo principal

Escola Estadual Antonio Carlos conquista o primeiro lugar no Prêmio Gestão Escolar

 Luzinete Fernandes visita a Biblioteca da Universidade de Seattle,  EUA
Prêmio de Gestão Escolar conquistado pela Escola Estadual Antonio Carlos leva diretora aos Estados Unidos numa viagem de intercâmbio de experiências e de conhecimentos no âmbito da administração educacional.

A diretora da Escola Antonio Carlos, professora Luzinete Jerônimo Fernandes, viajou para os Estados Unidos no dia 12 de outubro, inicialmente para a capital americana de Washington e, posteriormente, para a cidade de Bainbridge Island, estado de Washington.

Na viagem que se prolongou até o dia 6 deste mês, Luzinete Fernandes participou de reuniões de dirigentes educacionais e de videoconferências, e visitou escolas nas cidades de Baimbridge, Bremerton, North Kitsap, Seattle e Poulsbo. Em Seattle, maior cidade do estado de Washington, a diretora visitou também a universidade federal e a biblioteca municipal.

“Estou encantada com o que pude vivenciar. Todas as escolas estão localizadas em espaço privilegiado em meio a árvores, com campo de futebol, quadra de esportes, piscinas olímpicas e teatro. As salas de aula são ricamente preparadas com o que há de melhor em tecnologia para o professor, tem até quadro eletrônico e notebook para cada aluno”, diz Luzinete Fernandes.

A diretora também destaca o esforço das escolas do estado de Washington em buscar práticas inovadoras e a oferta de disciplinas que estimulam o talento da criança e do jovem. “Além das disciplinas base, todas as escolas oferecem oficina de arte, línguas, arte gráfica, cinema, fotografia, e reportagem”.

Além das visitas as escolas e reuniões com gestores, a diretora Luzinete Fernandes, na condição de representante da Educação do Estado do Rio Grande do Norte, foi convidada para jantar na residência da secretária de Educação do estado de Washington, professora Bette Hyde. “Fomos tratados com honras pelos norte-americanos do estado de Washington”, ressalta Luzinete Fernandes.

Prêmio Gestão Escolar

A Escola Referência Brasil, ano base 2010, será conhecida nesta segunda-feira (7), em Recife, com transmissão pelo Canal Futura, a partir das 17h. A cerimônia de premiação acontece também nesta segunda, às 20h, na Arcádia Recepções, em Recife, com as participações da diretora da Escola Antonio Carlos, Luzinete Fernandes, e da secretária adjunta da Educação Estadual, Adriana Diniz.

A Escola Estadual Antonio Carlos foi vitoriosa no âmbito do Rio Grande do Norte com direito ao Prêmio de Gestão – R$ 6 mil e viagem de intercâmbio aos Estados Unidos para sua diretora. Receberam este prêmio as 27 escolas finalistas em todos os estados brasileiros. As seis finalistas nacionais serão contempladas com o prêmio de R$ 10 mil, e a classificada como Referência Brasil receberá R$ 30 mil.


Participaram do Prêmio Gestão Escolar 2011, no Rio Grande do Norte, 51 escolas da rede estadual e 15 escolas de redes municipais de ensino. O Prêmio é uma realização conjunta do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Unesco, Ministério da Educação (MEC), Fundação Roberto Marinho, Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, Instituto Unibanco e Fundação Victor Civita.

Vitória da Escola Pública

"A vitória da Escola Antonio Carlos deve ser saudada por todos nós como resultado de um trabalho eficiente e voltado para o Ensino e para a formação cidadã. Nosso esforço deve ser no sentido de dar cada vez mais assistência e condições as nossas escolas e aos nossos educadores para expandir as conquistas de nossas escolas estaduais", afirma a secretária estadual da Educação, professora Betânia Ramalho.

A Escola tem 678 alunos matriculados, distribuídos em 21 turmas, 38 professores (todos com nível superior), e funciona nos turnos matutino, vespertino e noturno. Criada em março de 1909, inicialmente chamada pela comunidade como "Grupo Velho", passou a denominar-se oficialmente de Escola Estadual Antonio Carlos em maio de 1980. A Escola tem como gestoras, a educadora Luzinete Jerônimo Fernandes (diretora), e Conceição Gurgel (vice-diretora).

Situada no centro de Caraúbas, a centenária escola oferece hoje Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos. Em 2010, ano base para o Prêmio, a Escola Estadual Antonio Carlos teve um percentual de aprovação de seus alunos da ordem de 80%. Seu IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) em 2009 foi de 4,2 na primeira fase, e 3,9 na segunda.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

UFRN: Professora Selma Jerônimo recebe prêmio da Universidade de Iowa nos Estados Unidos

Trabalho de pesquisas desenvolvido pela professora Selma Jerônimo, da  Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) na área de saúde pública, foi contemplado com o prêmio internacional Impact Award, concedido pela Universidade de Iowa, dos Estados Unidos. O prêmio é destinado à profissionais ou às instituições que colaboram com a Universidade de Iowa na construção de conhecimentos voltados para programas sociais que melhorem a vida das pessoas. Professora Selma Jerônimo A pesquisadora Selma Jerônimo, diretora do Instituto de Medicina Tropical da UFRN, é parceira da Universidade de Iowa desde o ano de 1996. Ela lembra a importância que está tendo o conhecimento gerado no próprio Instituto, na Escola Maternidade Januário Cicco, no Centro de Biologia da UFRN e no Departamento de Infectologia do Hospital Gizelda Trigueiro, para melhorar a vida das pessoas no Rio Grande do Norte. “A contribuição diária do IMT, MJEC, CB e do Departamento de Infectologia do HGT quebra o cic

Moacir de Lucena: o semeador de escolas

Moacir de Lucena e família em solenidade da UFRN (outubro de 2003) Matéria publicada na edição de novembro da Revista Foco English version Professor, tipógrafo, juiz, advogado, músico, jornaleiro, poeta, normalista, chefe escoteiro, esportista, animador cultural, educador itinerante.  Em sua trajetória de 100 anos de vida pelo Rio Grande do Norte, o oestano filho de Martins, Moacir de Lucena, procurou ser, acima de tudo, um servidor na luta pelo progresso social das pessoas. Desde cedo entendeu que esse progresso social só chegaria pela via da Educação.  Neste campo, de forma inovadora criou um método próprio de alfabetização com resultados concretos junto aos estudantes. Método que depois foi empregado com estardalhaço por Paulo Freire. Mas, Moacir de Lucena chegou antes, sem estardalhaço, sem propaganda, mas com a luminosidade das coisas feitas e da transformação extraordinária do analfabeto em alfabetizado. Entre as tentativas de definir Moacir de Lucena, seu filho L

7º SEL: UFRN prepara grande evento de Educação e Leitura para novembro

Reunião com a reitora sobre o 7º  SEL Matéria atualizada às 12h30 desta quinta-feira (2) Estão adiantados os preparativos para o 7º Seminário Educação e Leitura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), um dos maiores eventos no gênero no país. O 7º Seminário Educação e Leitura (SEL) acontece de 11 a 14 de novembro no Centro de Convenções do Praiamar Natal Hotel, em Ponta Negra, e deverá reunir mais de 1.000 participantes de todas as regiões do Rio Grande do Norte e de várias partes do Brasil. Em reunião ocorrida na manhã desta quinta-feira (2) a reitora da UFRN, Ângela Paiva garantiu total apoio ao evento. Participaram da reunião no gabinete da reitoria, a professora Marly Amarilha, a diretora do Centro de Educação da UFRN, Márcia Gurgel, e a professora Ângela Naschold, da equipe de organização do Seminário. As inscrições estão abertas a partir desta quarta-feira (01) para ouvintes e para apresentação de trabalho ou oferta de minicurso.  Equipe do Se