sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Saiba qual o peso ideal para as mochilas escolares das crianças

Na volta às aulas, a compra de uma mochila bonita e colorida para o ano letivo é um momento que as crianças adoram. No entanto, os riscos para saúde são grandes quando se trata de excesso de peso na bagagem, podendo acarretar dor muscular, ferimentos abrasivos, alterações posturais, fadiga e irritabilidade, além de escolioses e desvios na coluna em alguns casos.

Dr. Marcelo Reibshceid, pediatra do Hospital e Maternidade Sâo Luiz e
criador do portal Pediatria em Foco (www.pediatriaemfoco.com.br), explica que o peso da mochila não deve ultrapassar 10% do peso ideal da criança.

 “ Muitas vezes a criança carrega itens desnecessários para as atividades do dia. Os pais devem estar atentos ao peso extra que os filhos carregam e a frequência com que isso acontece”, orienta Reibscheid.


Ainda de acordo com o pediatra, mochilas de rodinhas são uma boa opção. Mas o alerta está na altura do puxador, que deve ser adequado à altura das crianças e com duas tiras. Mesmo nesse caso, a porcentagem limite deve ser respeitada.


“Quando a criança resistir às rodinhas, não deixe que a mochila ultrapasse a cintura da criança e opte por aquelas com menos bolsos, evitando que a criança carregue objetos inúteis nos compartimentos extras”, sugere o pediatra.


Caso a escola exija materiais que ultrapassem o recomendado com periodicidade, vale procurar a coordenação da instituição para que a
criança possa guardar os materiais mais pesados nos armários da escola.

Nenhum comentário:

Postar um comentário