segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Morre o folclorista Deífilo Gurgel aos 85 anos

A confirmação da morte foi dada pela família em nota de falecimento. Ele estava internado no Papi e apresentava avançado quadro de desnutrição

O folclorista Deífilo Gurgel faleceu no final da manhã desta segunda-feira (6) em Natal em decorrência de falência múltipla dos órgãos. A confirmação da morte foi dada pela própria família em nota de falecimento. O folclorista estava internado desde o final de janeiro no hospital Papi e se encontrava num avançado quadro de desnutrição e pneumonia.

O velório será ainda nessa tarde (06) no Cemitério Morada da Paz, em Emaús. Já o enterro está marcado às 21 hs, no mesmo local.

Segue a íntegra da nota divulgada pela família de Deífilo Gurgel;

"A família do poeta e folclorista Deífilo Gurgel - Zoraide de Oliveira Gurgel, esposa, e os filhos Káthia, Carlos, Mário Sérgio, Gardênia, Fernando, Cláudia, Alexandre, Marcelo e Ana Márcia - comunica oficialmente, o falecimento do grande mestre da cultura popular do Rio Grande do Norte, ocorrido hoje em Natal.

Diante das inúmeras manifestações de solidariedade, a família agradece encarecidamente aos familiares e amigos, e comunica que tão logo sejam definidos os locais para o velório e sepultamento, todos serão informados.

Deífilo faleceu aos 85 anos, após 17 dias de internação na UTI do hospital PAPI, em consequência de falência de múltiplos órgãos.

Natal, 06 de fevereiro de 2012

Zoraide de Oliveira Gurgel - esposa
Káthia, Carlos, Mário Sérgio, Gardênia, Fernando,
Cláudia, Alexandre, Marcelo e Ana Márcia - filhos".



Biografia

Nasceu em Areia Branca e aos 18 anos de idade veio para Natal estudar. Aos 25 anos, casou-se com dona Zoraide. Em 1967, o pesquisador ainda se formou Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito de Natal, em 1967.

Em 1970 foi nomeado Diretor de Cultura do município do Natal, por João Faustino, que na época era secretário de Educação. A partir daí, o escritor passou a estudar o Folclore . Como poeta, escritor e pesquisador, Deífilo Gurgel atuou também como diretor do Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Natal (SMEC), diretor de Promoções Culturais da Fundação José Augusto (FJA) e presidente da Comissão Norte-Rio-Grandense de Folclore.

O pesquisador ainda foi professor de Folclore Brasileiro, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Ele estava para lançar a obra "Romanceiro Potiguar", que reúne uma série de romances coletados pelo autor entre 1985 e 1995. 

Fonte: Portal NoMinuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário