terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Recepção aos novos estudantes da UFRN lota auditório da reitoria

Os novos alunos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte lotaram o auditório da reitoria, onde foram recepcionados na manhã desta segunda-feira, 13, em solenidade que contou com a participação da reitora em exercício, Maria de Fátima Freire de Melo Ximenes, que deu as boas-vindas, afirmando que agora “vocês passam a fazer parte da grande família que é a UFRN”.

A solenidade, que foi precedida pela apresentação do coral Bibliocanto, formado por alunos e professores do Curso de Biblioteconomia, contou com a participação do pró-reitor de Graduação, Alexandre Menezes; da pró-reitora de Assuntos Estudantis, Janeusa Trindade; do superintendente de Infraestrutura, Gustavo Rosado Coelho; da vice-presidente da Comissão Permanente de Apoio a Estudantes com Necessidades Educacionais Especiais (CAENE), Daniele Ferreira; e do coordenador de Assuntos Estudantis do DCE, Armênio Pinto.


O primeiro a falar, o estudante Armênio Pinto, enfatizou ser este dia muito importante para os que entram numa “universidade que vem se ampliando a cada dia”. O Diretório Central dos Estudantes (DCE), disse ele, luta para que todos que entram na Universidade tenham sua permanência garantida, que haja um diálogo e que, além da formação técnica, ela garanta a formação de cidadãos.

Em seus discurso, a reitora em exercício, Maria de Fátima Freire de Melo Ximenes, destacou o compromisso dos novos alunos, cujo fato de pertencer à Universidade Federal do Rio Grande do Norte pressupõe “estar comprometido com a inteligência e também com o progresso dela, universidade, e do Estado, que a financia”.

Pertencer a uma instituição pública como a UFRN reforça a convicção “de que devemos exercitar cotidianamente nossa disponibilidade de sermos solidários, respeitosos para com as diferenças, zelosos para com o patrimônio público, defensores da ecologia e empenhados em assimilar conhecimentos que sirvam à humanidade e ao planeta”, afirmou a reitora.

A pró-reitora de Assuntos Estudantis, Janeusa Trindade Souto, fez uma apresentação sobre o papel da PROAE que, embora atenda a todos os estudantes, tem como foco principal os alunos que têm carência sócio-econômica. Janeusa informou sobre o sistema SIGAA, destacando a sua importância na vida cotidiana dos alunos e através do qual eles poderão se cadastrar para requerer bolsas em suas diversas modalidades (apoio técnico, acadêmico, de iniciação científica, auxílio-alimentação, auxílio-residência, entre outros) e acompanhar a vida acadêmica.

Uma das preocupações da PROAE, segundo Janeusa Trindade, é com os trotes. A pró-reitora esclareceu que o aluno não é obrigado a participar de uma ação que venha a lhe causar danos ou constrangimentos.

O pró-reitor Alexandre Lara Menezes, de Graduação, destacou ser importante que os alunos acompanhem o que acontece, inclusive com consulta ao regimento da graduação. O aluno, disse ele, não deve apenas assistir às aulas, pois, agindo assim, ele não estaria aproveitando o que a Universidade oferece. “A quantidade de atividades que se desenvolvem na Universidade é muito grande”, afirmou.

É importante também que o aluno procure fazer o curso dentro de seu tempo, para que eles possam aproveitar as oportunidades do mercado de trabalho. “Atrasando seu curso na Universidade, o estudante pode atrasar suas oportunidades no mercado de trabalho”.

O superintendente de Infraestrutura, Gustavo Rosado Coelho, apresentou o órgão que dirige, como sendo o responsável pela administração, gerenciamento dos espaços físicos da Universidade, “o que tem relação direta com as atividades aqui desenvolvidas”.

Rosado falou sobre os setores de projetos e obras, manutenção e instalações físicas e de meio ambiente (DMA), sendo este “o que busca identificar e dimensionar os aspectos ambientais que tenham qualquer tipo de relação com as atividades internas da UFRN”.

A psicóloga Daniele Ferreira falou do trabalho realizado pela CAENE, afirmando ser de extrema relevância a soma de esforços para que o processo de inclusão seja uma realidade na Instituição. “E, para isso, contamos com toda a comunidade universitária, e agora contamos também com você, novo aluno da UFRN, para fazer parte dessa realidade”.
A solenidade foi encerrada com sorteios de brindes e um lanche servido aos novos alunos no pátio da reitoria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário