sexta-feira, 30 de março de 2012

Fundador do Instituto Paulo Freire visita Angicos nesta sexta-feira (30)

A secretária estadual da Educação, Betania Ramalho, visita o município de Angicos nesta sexta-feira (30) acompanhando o professor Carlos Alberto Torres, diretor fundador do Instituto Paulo Freire.
A visita informal faz parte das preparações para as comemorações dos 50 anos da implantação do Método Paulo Freire no município. Durante a visita, o professor Carlos Alberto Torre entrevistou alguns ex-alunos alfabetizados na época.

Neste sábado (31), o professor Carlos Alberto Torres será recebido pela governadora Rosalba Ciarlini, na residência oficial, para tratar das comemorações dos 50 anos do Método Paulo Freire em Angicos.

O professor Carlos Alberto Torres, natural da Argentina, é professor de Ciências Sociais e Educação Comparada, diretor do Centro Latino-Americano, sociólogo político da Educação, PhD em Desenvolvimento Internacional da Educação pela Universidade de Stanford – Estados Unidos, detentor de curso de Pós-doutorado em Fundamentos Educacionais na Universidade de Alberta – Canadá.

O professor é diretor fundador do Instituto Paulo Freire da Argentina (desde 2003), diretor fundador do Instituto Paulo Freire da Universidade de Los Angeles (desde 2002), e diretor fundador do Instituto Paulo Freire de São Paulo (desde 1993).

Carlos Alberto Torres já foi professor convidado em universidades da América do Norte, Ásia, Europa, América Latina e África. Já lecionou em universidades da Inglaterra, Itália, Japão, Tanzânia, Espanha, Moçambique, Finlândia, Brasil, México, Argentina, Canadá, Portugal, Taiwan, Coréia, Costa Rica, Suécia e África do Sul.

Foi diretor do Centro Latino-americano da Universidade de Los Angeles (UCLA) no período de 1995 a 2005. Suas principais áreas de pesquisa são diretrizes, reforma educacional e educação comparada.

Instituto Paulo Freire

O Instituto Paulo Freire (IPF) é uma associação sem fins lucrativos, criada em 1991 e fundada oficialmente no dia 1º de setembro de 1992. O IPF se constitui, considerando-se Cátedras e institutos "Paulo Freire pelo mundo, numa grande rede internacional que integra pessoas e instituições em mais de 90 países em todos os continentes. O objetivo principal é dar continuidade e reinventar o legado do mestre Paulo Freire.

O Instituto Paulo Freire mantém a Editora e Livraria Instituto Paulo Freire, a Casa da Cidadania Planetária, a Universitas Paulo Freire (UniFreire) e o Centro de Referência Paulo Freire, com bibliotecas que pertenceram a Paulo Freire e inúmeros registros audiovisuais, manuscritos e documentos, disponíveis para estudos e pesquisas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário