segunda-feira, 26 de março de 2012

Governo do Estado garante oferta de 5.471 vagas para cursos profissionalizantes

Governo do Estado lança Pronatec 2012 e apresenta a oferta de 5.471 vagas para cursos de qualificação profissional e técnicos profissionalizantes

Foto: SEEC/RN
O lançamento ocorreu na manhã desta segunda-feira (26) no auditório da Governadoria e contou com as presenças da governadora Rosalba Ciarlini, da secretária estadual da Educação, Betania Ramalho, e de representantes das instituições parceiras – SENAC, SENAI, UFRN e IFRN.

O Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) vai abranger, no primeiro semestre de 2012, 90 Escolas Estaduais de 13 municípios pólos localizados nas diversas regiões do Rio Grande do Norte.


Serão contempladas 40 escolas estaduais em Natal, 16 em Mossoró, quatro em Caicó, duas em Pau dos Ferros, e outras 20 escolas distribuídas nos municípios de Parnamirim, Macaíba, Ceará-Mirim, São Gonçalo do Amarante, Arês, Goianinha e Maxaranguape. No total, serão oferecidas 5.471 vagas, sendo 4.604 para os cursos de Formação Inicial Continuada e 867 para os cursos Técnicos Profissionalizantes de Nível Médio.

No ato de lançamento, a governadora Rosalba Ciarlini lembrou que acompanhou as primeiras reuniões para elaboração do Pronatec, quando ainda fazia parte da Comissão de Educação do Senado Federal, e disse que o programa deve ser ampliado nos próximos anos. "O trabalho em torno da Educação Técnica e Profissionalizante no Estado está apenas começando e será reforçado com a ampliação de 10 escolas em várias regiões, com o objetivo de torná-las escolas técnicas. Sem falar que outras 64 escolas serão adaptadas", destacou Rosalba.

A governadora também chamou a atenção para a forte parceria com o SENAC, SENAI, UFRN e IFRN. A parceria nesse programa, que é nacional, é de grande importância. “Estamos levando ao nosso jovem estudante das Escolas Estaduais a oportunidade para que ele não apenas faça o curso regular, mas que saia do Ensino Médio preparado, capacitado, com uma profissão técnica”, completou Rosalba Ciarlini.

Para a secretária de Educação, o Pronatec é um programa fundamental para o desenvolvimento de uma nova escola, porque concilia Educação Escolar com Ensino Profissionalizante e os parceiros têm papel essencial nesse processo. "Não é a mesma coisa formar para educação regular e educar para uma profissão, daí a importância da parceria de entidades que já têm experiência com cursos profissionalizantes", ressaltou.

A secretária lembrou ainda que o programa é um passo importante para a Escola de Tempo Integral. "Os cursos serão oferecidos no contra turno, onde os estudantes que têm suas aulas normais pela manhã, poderão participar do Pronatec à tarde ou à noite. Isso vai fazer a diferença na vida desses jovens”, acrescentou Betania Ramalho.

“Esse é o momento em que a Educação está na pauta do Estado Brasileiro como proposta de desenvolvimento do país. Agradeço, em nome do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), o crédito que a Secretaria Estadual da Educação e o Governo do Estado estão nos dando para que a gente possa ampliar essa parceria e ofertar novas vagas”, destacou o pró-reitor de Extensão do IFRN, Wyllys Abel Farkatt.
Todos os estudantes do Ensino Médio da rede estadual de ensino podem participar do Pronatec. As inscrições ocorrem nas escolas participantes e no site www.educacao.rn.gov.br.

Cursos de Educação Profissional

No Pronatec, os cursos de Formação Inicial Continuada têm carga horária mínima de 160 a 360 horas e beneficiam diretamente a estudantes do Ensino Médio (2ª e 3ª séries) e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Já os cursos de Formação Técnica têm o mínimo de 800 a 1.200 horas de carga horária e são destinados, de forma concomitante (contraturno das aulas), aos estudantes do Ensino Médio.

Entre os cursos que ofertados estão os de Mecânico de Manutenção de Motores a Diesel; Operador de Sonda de Perfuração; Soldador no Processo Eletrodo Revestimento Aço Carbono e Aço Baixa Liga; Soldador no Processo T.I.G. em Aço; Mecânico de Usinagem; Mecânico de Manutenção de Motocicleta; Instrumentista Industrial; Operador de Computador; Programador Web; e Montagem e Manutenção de Computadores.

TEXTO: Assessoria de Imprensa da SEEC/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário