Pular para o conteúdo principal

Olimpíada Brasileira de Matemática premia alunos da rede municipal

Os alunos e escolas da rede municipal de ensino de Natal serão premiados pela participação na Olimpíada Brasileira de Matemática das escolas públicas (OBMEP) do ano de 2010. A cerimônia de premiação vai acontecer na próxima quarta-feira (28), às 14 horas, no Centro Municipal de Referência em Educação Aluízio Alves (CEMURE).
Participaram da competição 33 escolas do município de natal, totalizando 18.331 alunos da rede. A OBMEP é uma competição aberta aos estudantes de escolas públicas do Brasil. A iniciativa é da Sociedade Brasileira de Matemática que desenvolveu o projeto de competições para melhorar o ensino da disciplina no país e ainda descobrir novos talentos matemáticos.
De acordo com Vitor Motta da Nóbrega, da Equipe de Matemática do Departamento de Ensino Fundamental da SME, o destaque para o aluno Francy Júnior Costa Menezes da Escola Municipal Luiz Maranhão que vai receber medalha de bronze. O estudante disputou na categoria Nível II para alunos do8º e 9º ano e ficou em quinto lugar na classificação geral do Rio Grande do Norte.

Vinte e quatro alunos da rede municipal irão receber menção honrosa. A Escola Municipal Quarto Centenário vai receber o troféu pela participação com o maior número de alunos premiados na rede. Ainda segundo Vitor Motta, no Brasil participaram 19.665.928 alunos de 44.717 unidades. "É uma competição bastante concorrida. Cada medalha é disputada em média por 58.178 alunos. Será uma honra a premiação para os nossos alunos", disse Motta.
De acordo com Vitor Motta, "a peça chave da olimpíada é estimular os alunos das escolas públicas a gostarem da disciplina e ainda aperfeiçoar os professores, que muitas vezes tem pouco incentivo por parte do governo. Essa prática da olimpíada estimula muito o professor que ama seu trabalho". As provas são divididas em quatro níveis e de acordo com a escolaridade do aluno, e realizadas sempre em três fases. Os alunos da rede municipal concorreram nas categorias Nível I (6º e 7º ano) e Nível II (8º e 9º ano).
Para o aluno poder participar ele precisa cursar a escola pública e selecionar um professor como representante. O cadastro é feito via internet no site oficial do projeto. Todo o conteúdo é disponibilizado para ajudar os estudantes e também os respectivos professores.
 Menção Honrosa:
 Escola Municipal Irmã Arcângela
 Carla Maryelle Alves de Oliveira
 Escola Municipal Quarto Centenário
Igor Vinícius Pereira Justino
Augusto César Ferreira Santiago
Jéssica Galdino Teixeira
Clara Stefani Farias Fernandes
Felipe de Oliveira Lúcio Tavares
Saulo Matheus de Lima Cavalcante
Cecília de Oliveira Lúcio Tavares
Paulo Henrique de Souza Câmara;
 Escola Municipal Antônio Severiano
 Viviane Stefany dos Santos Leão
Douglas Matheus Oliveira;
 Escola Municipal Josefa Botelho
 Alisson Soares da Silva
André Luis de Oliveira Silva
Lorena Thalita Freitas da Silva
Escola Municipal Otto de Brito Guerra
Maria Helena dos Santos Moura
Escola Municipal Monsenhor José Alves Landin
Klyfton Stanley Fernandes
Escola Municipal Iapissara Aguiar
Guilherme da Silva Amaral
Escola Municipal Terezinha Paulino
Iendel Matheus Paula de Abreu
Escola Municipal Celestino Pimentel
Daniela Cristina da Silva Bezerra
Escola Municipal Ferreira Itajubá
Silas Eduardo Rodrigues
Escola Municipal Waldson Pinheiro
Lucas Felipe Fernandes Barros
Luciana Pollyana Oliveira
Escola Municipal Francisca de Oliveira
João Victor Rodrigues da Costa
Escola Municipal Veríssimo de Melo
Daniel Sérgio da Silva

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

UFRN: Professora Selma Jerônimo recebe prêmio da Universidade de Iowa nos Estados Unidos

Trabalho de pesquisas desenvolvido pela professora Selma Jerônimo, da  Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) na área de saúde pública, foi contemplado com o prêmio internacional Impact Award, concedido pela Universidade de Iowa, dos Estados Unidos. O prêmio é destinado à profissionais ou às instituições que colaboram com a Universidade de Iowa na construção de conhecimentos voltados para programas sociais que melhorem a vida das pessoas. Professora Selma Jerônimo A pesquisadora Selma Jerônimo, diretora do Instituto de Medicina Tropical da UFRN, é parceira da Universidade de Iowa desde o ano de 1996. Ela lembra a importância que está tendo o conhecimento gerado no próprio Instituto, na Escola Maternidade Januário Cicco, no Centro de Biologia da UFRN e no Departamento de Infectologia do Hospital Gizelda Trigueiro, para melhorar a vida das pessoas no Rio Grande do Norte. “A contribuição diária do IMT, MJEC, CB e do Departamento de Infectologia do HGT quebra o cic

Moacir de Lucena: o semeador de escolas

Moacir de Lucena e família em solenidade da UFRN (outubro de 2003) Matéria publicada na edição de novembro da Revista Foco English version Professor, tipógrafo, juiz, advogado, músico, jornaleiro, poeta, normalista, chefe escoteiro, esportista, animador cultural, educador itinerante.  Em sua trajetória de 100 anos de vida pelo Rio Grande do Norte, o oestano filho de Martins, Moacir de Lucena, procurou ser, acima de tudo, um servidor na luta pelo progresso social das pessoas. Desde cedo entendeu que esse progresso social só chegaria pela via da Educação.  Neste campo, de forma inovadora criou um método próprio de alfabetização com resultados concretos junto aos estudantes. Método que depois foi empregado com estardalhaço por Paulo Freire. Mas, Moacir de Lucena chegou antes, sem estardalhaço, sem propaganda, mas com a luminosidade das coisas feitas e da transformação extraordinária do analfabeto em alfabetizado. Entre as tentativas de definir Moacir de Lucena, seu filho L

7º SEL: UFRN prepara grande evento de Educação e Leitura para novembro

Reunião com a reitora sobre o 7º  SEL Matéria atualizada às 12h30 desta quinta-feira (2) Estão adiantados os preparativos para o 7º Seminário Educação e Leitura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), um dos maiores eventos no gênero no país. O 7º Seminário Educação e Leitura (SEL) acontece de 11 a 14 de novembro no Centro de Convenções do Praiamar Natal Hotel, em Ponta Negra, e deverá reunir mais de 1.000 participantes de todas as regiões do Rio Grande do Norte e de várias partes do Brasil. Em reunião ocorrida na manhã desta quinta-feira (2) a reitora da UFRN, Ângela Paiva garantiu total apoio ao evento. Participaram da reunião no gabinete da reitoria, a professora Marly Amarilha, a diretora do Centro de Educação da UFRN, Márcia Gurgel, e a professora Ângela Naschold, da equipe de organização do Seminário. As inscrições estão abertas a partir desta quarta-feira (01) para ouvintes e para apresentação de trabalho ou oferta de minicurso.  Equipe do Se