quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Bibliosesc desponta como programa de estímulo a leitura no Rio Grande do Norte

Biblioteca móvel atrai atenção de estudantes (Foto: Rogério Vital)

Matéria Publicada na edição de agosto da Revista Foco

Em tempos de pouco interesse dos poderes públicos para com o estímulo à leitura, a notícia boa vem de programa desenvolvido pelo SESC (Serviço Social do Comércio) e que leva o acesso ao livro, de forma democrática e animada, as diversas comunidades de Natal.

Desde sua implantação, em dezembro de 2011, no bairro da Cidade da Esperança, o Bibliosesc apresenta-se como o bem sucedido programa de incentivo a leitura e da oferta de livros de qualidade as comunidades populares do Rio Grande do Norte. 

Sua configuração simples e ágil tem mostrado que é possível se fazer muito na Educação e na Leitura sem pirotecnias e gastos mirabolantes, que continuam a ser praxe nas administrações municipais e estadual da Educação, e atrair o interesse e o respeito de estudantes, pais de alunos e pessoas da comunidade.

“Sabemos que um programa de alcance social como o Bibliosesc estamos levando livros de qualidade aos bairros mais populares de Natal. O interesse das pessoas das diversas comunidades tem mostrado que estamos no caminho certo ao incentivar a leitura”, afirma o presidente do sistema Fecomércio/SESC/SENAC, Marcelo Queiroz.

É uma biblioteca itinerante. Implantado em um caminhão baú, o Bibliosesc tem acervo de 3.500 títulos de livros com foco na Literatura – voltada para os públicos infantil, juvenil e adulto. Conta também com as publicações de jornais locais, revistas e gibis.

O caminhão baú, com a presença permanente de um auxiliar de biblioteca, gira a cidade dentro de cronograma semanal pré-estabelecido. Trabalhando dentro do formato de parcerias, o programa procura atingir estudantes e comunidade em geral.

No caminhão do Bibliosesc, estudantes e pessoas da comunidade podem ler e também fazerem empréstimos de livros. Cada leitor pode pegar 02 livros emprestados de cada vez. Para isso, precisa fazer cadastro com documento de identificação pessoal e comprovante de residência.

A média de frequência ao caminhão do Bibliosesc é de 120 pessoas por dia. A média diária de empréstimo é de 80 livros por dia. “Observamos que as pessoas zelam pelos livros, elas querem o projeto funcionando”, diz Ilsa Galvão, diretora de Desenvolvimento Social do SESC/RN.

Os títulos oferecidos pelo programa são escolhidos por equipe de técnicos do SESC/Brasil dentro de rigorosos critérios. O acervo do Bibliosesc contempla os clássicos da Literatura Brasileira, da Literatura Estrangeira, e da Literatura Infanto-Juvenil. O programa articula a inclusão em seu acervo de livros de autores locais, mas com a preocupação de preservar a qualidade existente.

“O Bibliosesc vai para os bairros com o objetivo de atender as comunidades com menor poder aquisitivo e com dificuldades de chegar às bibliotecas fixas do SESC”, informa Ilsa Galvão.

No momento, o Bibliosesc atende aos bairros de Mãe Luíza, Rocas, Felipe Camarão, Lagoa Azul, Nova Natal, Cidade da Esperança, e Presídio Feminino da Penitenciária João Chaves, na Zona Norte.

Nessas comunidades permanecerá durante um ano – de segunda a quinta-feira, das 9 às 16 horas. A cada dia o programa contempla uma dessas comunidade.

Antes de lançar o Bibliosesc, a equipe do SESC/RN fez diagnóstico nos bairros natalenses para detectar as comunidades com maiores necessidades no campo da leitura de livros e de periódicos.

Bibliotecas do SESC/RN

O SESC oferece várias bibliotecas à comunidade do Rio Grande do Norte. São as bibliotecas do SESC Restaurante (Cidade Alta/Natal), SESC Potilândia (Natal), SESC Zona Norte (Natal), SESC Mossoró, SESC Macaíba, SESC São Paulo do Potengi, e SESC Nova Cruz.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário