sábado, 25 de agosto de 2012

Encontro com coordenadores municipais do Bolsa Família define parcerias com Cosern e SESI

Coordenadores municipais do Programa Bolsa Família dos 167 municípios potiguares participaram na manhã desta quinta-feira (23), em Natal, de um encontro estadual com vista à adoção de medidas de inclusão social. 

Encontro do Bolsa Família no Hotel Monza
“O 3º Encontro Estadual do Programa Bolsa Família: uma construção de parcerias com vistas a inclusão social”, promovido pela Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS), teve a finalidade de firmar parceria com a Companhia Energética do Rio Grande do Norte-Cosern e o Sesi para a inclusão de famílias cadastradas no Programa Bolsa Família nas políticas sociais empreendidas por estas duas instituições.

O encontro, destinado, exclusivamente, aos coordenadores municipais do Programa Bolsa Família, foi para capacitar os técnicos para a criação de estratégias que possibilitem a inclusão das famílias beneficiárias do Bolsa Família em programas sociais como Cozinha Brasil, do SESI, e Tarifa Social de Energia Elétrica, da Cosern. Uma das estratégias é cruzar o banco de dados de famílias de baixa renda da SETHAS com o da COSERN, objetivando a inclusão das famílias que ainda estão fora do benefício da tarifa social.

O 3º Encontro Estadual do Programa Bolsa Família foi realizado no auditório do Hotel Monza, em Natal, das 8h ao meio-dia. A meta a ser alcançada após a realização do evento é a inclusão do maior número de famílias possíveis nos dois programas.
Tarifa Social de Energia Elétrica

A tarifa social é um benefício concedido às famílias com renda per capita de até meio salário mínimo. O desconto sobre o consumo de energia varia de 10% a 65%. Para as comunidades indígenas e quilombolas, o desconto é ainda maior, podendo chegar a 100%, dependendo do consumo. Hoje, são beneficiados com a tarifa social, aproximadamente, 350 mil contratos no RN.

Cozinha Brasil


O Programa Cozinha Brasil do SESI (Serviço Social da Indústria), em parceria com o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, tem como objetivo ensinar à população brasileira como se alimentar de forma nutritiva, barata e sem desperdício. O curso permite o aproveitamento integral dos alimentos (utilizando todas as suas partes: polpa, cascas, folhas, talos, ramas), favorecendo o aumento de seu potencial nutritivo e proporcionando à população mais saúde e menos gastos financeiros. O programa conta com unidades móveis modernas e equipadas, e todo conteúdo teórico/prático é ministrado por nutricionistas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário