terça-feira, 28 de agosto de 2012

Rosalba Ciarlini abre curso para gestores e volta a falar em mudar o quadro da Educação

Rosalba Ciarlini falando aos gestores de escolas estaduais
A segunda etapa do curso de formação continuada para os gestores eleitos para o biênio 2012/2013 na rede estadual de Ensino foi aberta, na manhã desta terça-feira (28), no auditório do Praiamar Hotel, com a palavra da governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini.

Na oportunidade, Rosalba lembrou a confiança que foi depositada nos novos gestores eleitos por suas respectivas comunidades escolares. “Eles confiaram em vocês, que agora passam a assumir uma grande responsabilidade”.

A governadora aproveitou o momento para voltar a falar na necessidade de uma mudança efetiva no lamentável quadro da Educação Estadual, exposto pelo último IDEB.

“É preciso reconhecer que existe um esforço do Governo para tentar mudar o quadro em que encontramos a Educação e estamos mudando, mas para isso precisamos caminhar juntos. E daqui a alguns anos, eu quero lembrar que foram os gestores e diretores das escolas que me ajudaram a dar um salto na Educação do Estado. Trabalho dá, mas desejo que sua escola seja uma escola forte, para que a nossa Educação seja respeitada e valorizada”, disse Rosalba Ciarlini.

O Curso reúne 600 profissionais da Educação Estadual e se estenderá até a próxima quinta-feira (30).
 
A secretária da Educação, Betania Ramalho, lembrou que os gestores se candidataram aos cargos por livre e espontânea vontade e que têm um papel decisivo na escola pública. “Precisamos reconstruir a escola pública, refletindo a partir do papel que cada um de nós deve assumir neste processo, nossa responsabilidade. Não é qualquer um que pode assumir o comando de uma escola e fazer com que o processo de ensino/aprendizagem aconteça de verdade”, ressaltou a secretária.

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, Fátima Cardoso, também participou da solenidade de abertura e falou que a formação é importante. “É importante, mas é apenas um dos passos de um processo que deve terminar na escola, com o gestor traduzindo o que aprendeu em realidade concreta. O processo termina com as ações empreendidas no interior da escola”, destacou.

De acordo com a professora Elizabeth Jácome, responsável pela Coordenadoria dos Órgãos Regionais da Educação da SEEC, o objetivo da formação é ampliar a compreensão das vinculações do fazer pedagógico com a gestão e as práticas sociais. “O desafio de consolidar uma educação democrática e de qualidade, que estimule uma consciência, aumenta as responsabilidades dos gestores envolvidos no processo educacional”, acrescentou Elizabeth.



Nenhum comentário:

Postar um comentário