sábado, 29 de setembro de 2012

Livro tem participação de 49 profissionais
Livro de professor da Ufersa é finalista do Prêmio Jabuti 

O livro “Tecnologia do Pescado - Ciência, Tecnologia e Legislação”, escrito por Alex Augusto Gonçalves, professor do Departamento de Ciências Animais da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) é um dos finalistas do 54° Prêmio Jabuti. A obra ficou em 1º lugar entre as indicadas na categoria Tecnologia e Informática. 


Com a participação de 49 profissionais da área da pesca e da aquicultura, o livro aborda a ciência e a tecnologia da pesca. “É a realização de um sonho de mais de 20 anos, desde que comecei a trabalhar com pescado, já na graduação em Oceanografia, onde pude vivenciar a carência de literatura especializada”, afirma o professor Alex Augusto. 


O livro está organizado em quatro sessões: Ciência do Pescado, Tecnologia do Pescado, Inovação e Legislação. O objetivo do livro é promover o avanço da pesquisa e o desenvolvimento da área de pescado e estimular o progresso profissional de técnicos e pesquisadores da área. 

Na parte relacionada à Ciência do Pescado, o professor aborda os aspectos importantes da qualidade geral do pescado, ou seja, por que são nutritivos, por que ficam impróprios para o consumo (podendo ser tóxicos e causar doenças), e, por que agrada a uns e a outros não.

Na parte Tecnologia do Pescado, o livro traz as tecnologias tradicionais e emergentes proporcionando aos leitores informações sobre qual a melhor maneira de se processar e estocar o pescado de forma segura, como aumentar seu tempo de conservação, e como reter suas características originais como cor, sabor e valor nutricional. 


Augusto Alex Gonçalves
Na terceira parte, relacionada à Pesquisa e Desenvolvimento de Novos Produtos, o autor faz uma abordagem inédita sobre o processo de desenvolvimento de produtos oriundos da pesca e aquicultura, bem como, as inovações, ingredientes, aditivos e embalagens mais utilizadas, os principais problemas enfrentados no processo de desenvolvimento de produtos, as tecnologias de obstáculos e a estimativa da vida de prateleira. 

Na parte relacionada à Legislação, o livro traz as principais resoluções, portarias, instruções normativas, relacionadas ao setor pesqueiro, que estão disponíveis na América do Norte (Canadá e Estados Unidos), América do Sul (Brasil e Mercosul), e Europa (União Européia, Codex Alimentarius). 

“No final do livro, trazemos uma síntese das principais espécies comerciais de pescado em cada região do Brasil, uma extensa tabela de composição química de importantes espécies e produtos de pescado, bem como exemplos de fluxogramas operacionais dos principais processamentos do pescado”, informa o professor Alex Augusto. 

O Prêmio Jabuti é o mais tradicional prêmio do livro no Brasil. O vencedor do 54º  Prêmio Jabuti será divulgado no dia 18 de outubro e a lista completa dos finalistas pode ser conferida no site da premiação http://www.premiojabuti.com.br/resultado-fase1-2012


Nenhum comentário:

Postar um comentário