sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Presidente da Fapern consegue R$ 23 milhões para Pesquisa no RN
Bernadete de Sousa: mais dinheiro para a pesquisa científica no Estado
Nem só de mazelas vive a Educação do Rio Grande do Norte. Notícia com forte componente positivo vem, mais uma vez, da Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte (Fapern).

A presidente da Fapern, Maria Bernadete Cordeiro de Sousa, assinou nesta quinta-feira (14) acordo de cooperação com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), no valor de R$ 23 milhões para o fortalecimento da pós-graduação no Rio Grande do Norte. A assinatura do acordo ocorreu na cidade de Gramado/RS, durante Reunião do Conselho Nacional de Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap).

Os recursos irão garantir bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado, além de bolsas de residência para alunos de graduação dos cursos de tecnologia da informação e comunicação, e das engenharias.

Também garante apoio à criação de cursos de mestrados e doutorados interinstitucionais e aos cursos de pós-graduação criados a partir de 2006.


O contrato, também assinado pelo presidente da Capes, órgão do Governo Federal, Jorge de Almeida Guimarães, prevê a aplicação dos recursos nos próximos cinco anos.

Os editais devem ser lançados até o final de 2012, para execução já no primeiro semestre do próximo ano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário