terça-feira, 20 de novembro de 2012

Abraço simbólico ao Atheneu chama a atenção para os problemas do emblemático colégio

Ex-alunos comandam abraço simbólico (Márlio Forte)
Abraço simbólico ao Colégio Atheneu, pela Associação de Ex-Alunos, reúne na manhã desta terça-feira (20), no bairro de Petrópolis, centenas de estudantes, pais de alunos, professores e pessoas da comunidade. 

O abraço é uma forma encontrada pelos que já estudaram, ou estudam, ensinaram, ou ensinam, tiveram filhos aprendendo, ou ainda têm, de chamarem a atenção das autoridades públicas e da sociedade em geral para os problemas existentes no emblemático colégio natalense.

O Atheneu tem se transformado na Escola do já teve - já teve bom ginásio de esportes, não tem mais; já teve boa biblioteca, não tem mais; já teve laboratórios, não tem mais; já teve professores motivados, não tem mais; já teve salas lotadas de alunos em todos os turnos, não tem mais; já foi respeitada como escola de qualidade, não é mais.

O mais importante no que foi visto na manhã desta terça é, sem nenhuma dúvida, a participação efetiva da comunidade no esforço para tornar possível o resgate do histórico, e bem localizado, Atheneu.
Betania Ramalho e Gerson de Castro (Márlio Forte) 

Na oportunidade, a secretária estadual da Educação, Betania Ramalho, gestora responsável pelo andamento da rede pública de escolas do Rio Grande do Norte, voltou a garantir que a recuperação física do Atheneu será feita no ano de 2013. 

"Os recursos para reforma foram aprovados pelo Plano de Ações Articuladas (PAR), do governo federal, e a recuperação do Atheneu será realizada em 2013", reafirmou Betania Ramalho.

A diretora do Atheneu, Marcelle Lucena, vê também a questão da desmotivação dos professores como problema a ser enfrentado. "O problema maior é a falta de motivação de alguns professores. O professor contribui em 80% para que o trabalho seja realizado. Se eu tenho um professor que cumpre o seu horário e o seu papel, o aluno fica motivado e a questão estrutural é um complemento".

Essa desmotivação de "alguns" professores, pelo visto, tem um efeito enorme dentro do colégio, já que, na visão da diretora, supera o problemão da precariedade da estrutura física.


Matéria feita a partir de texto oficial da SEEC/RN. 


Um comentário:

  1. Cabe ao Lider motivar e incentivar as pessoas para que trabalhem melhor.

    ResponderExcluir