sábado, 10 de novembro de 2012

Igreja Católica e UFRN lançam o Mutirão Brasileiro de Comunicação
Arcebispo de Natal, Dom Jaime Vieira, no lançamento

A cidade de Natal sediará o 8º Mutirão Brasileiro de Comunicação (Muticom) no período de 27 de outubro a 01 de novembro de 2013.

No último dia 31 de outubro, aconteceu o lançamento do Mutirão para estudantes, professores, jornalistas e pesquisadores, no Laboratório de Comunicação da UFRN, no Campus Central, em Natal.

A data marcou também o início da contagem regressiva de um ano para a realização do encontro. O evento teve a palestra do padre Ermanno Allegri, da Agência de Notícias Adital, de Fortaleza (CE), falando sobre o tema “Comunicação e participação cidadã: meios e processos”.

O Mutirão vai acontecer pela primeira na capital potiguar e em uma universidade federal. A UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte) é uma das promotoras do Mutirão, e abrigará as atividades acadêmicas que serão desenvolvidas durante o evento, e também inseriu o Muticom no calendário de atividades acadêmicas para 2013, como projeto de extensão universitária.


O 8º Muticom traz como tema para esta edição “Comunicação e participação cidadã: meios e processos”, e terá extensa programação com seminários pela manhã e grupos de trabalho à tarde.

As atividades serão realizadas no ginásio de esportes e no setor de aulas II, da UFRN. Temas como jornalismo público, comunicação comunitária e conteúdo e mensagens dos meios de comunicação social, serão debatidos durante o encontro.

As inscrições para o Mutirão terão início em março do próximo ano, e serão realizadas através do site do evento: www.muticom.com.br. O valor da inscrição custará R$ 100 reais.

O evento propõe um debate sobre temas relacionados à comunicação, reunindo estudantes de comunicação, jornalistas, professores, pesquisadores, comunicadores populares e agentes de pastoral, para uma reflexão coletiva.

Segundo o padre Edilson Nobre, coordenador geral do 8º Muticom, o evento é de grande relevância para a sociedade. “O tema central do Muticom propõe um olhar sobre a comunicação de uma maneira geral, por isso a sua importância para os comunicadores e para a sociedade como um todo”, destaca Edilson Nobre.

Para o superintendente de comunicação da UFRN, professor José Zilmar da Costa, que também integra a coordenação organizadora do Muticom, a parceria foi bem recebida pela universidade. “Nós temos a compreensão de que é um bom momento para que um tema tão relevante – comunicação e participação cidadã – seja colocado em pauta por promotores que tem respaldo na sociedade, como a Igreja Católica e Universidade Federal”, enfatizou Zilmar.                                         


Nenhum comentário:

Postar um comentário