segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Potiguar José Luz, aos 62 anos, quer concluir a São Silvestre fazendo embaixadinha

José Luz: embaixadinha na São Silvestre

O desafio que o atleta potiguar José Luz do Nascimento, 62 anos, se propõe mais uma vez, é o de percorrer a mais famosa corrida do Brasil, a São Silvestre, em tempo real, fazendo embaixadinha sem deixar a bola cair.

Isso acontecendo no próximo dia 31 de dezembro, na cidade de São Paulo, representa a terceira vez que o atleta do bairro das Rocas conclui a São Silvestre com a bola o tempo todo no pé. Nos anos de 2010 e 2011 ele também conseguiu.


José Luz, sempre ao lado de seu fiel treinador, o professor de Educação Física, Carlos Alberto Costa (conhecido como Carlinhos Injeção), treina todos os dias do ano fazendo embaixadas na orla marítima de Natal.

O atleta já conhece, como poucos o percurso de 15 quilômetros da São Silvestre, este ano será a 12ª vez que participa. "Percebi que era possível fazer a prova de São Silvestre sem parar de fazer embaixadinha e passei a treinar muito na praia, cada vez estou mais motivado", disse José Luz.

."Ele agora está bem preparado. Nos últimos anos, Zé Luz vem mostrando que consegue fazer o percurso da São Silvestre sem maiores problemas. Ele tem superado até mesmo o cansaço", destacou o preparador Carlinhos Injeção.

A meta de José Luz, especialista como poucos na arte de fazer embaixadinha - independente se é com uma bola grande, pequena, ou com um limão - é entrar para o livro dos recordes. "Quero mostrar que no Rio Grande do Norte temos atletas campeões. Vamos para o livro dos recordes, o Guinness Book", declarou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário