segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Potiguar José Luz dá show e conclui a São Silvestre fazendo embaixadinha

Zé Luz: mesmo tomando água, a bola não cai (foto Maurílio Amarilha)
Pela terceira vez consecutiva o potiguar José Luz, 62 anos, deu show de Embaixadinha e concluiu a Corrida de São Silvestre ocorrida na manhã do domingo (31) no centro da cidade de São Paulo. 

José Luz levou 3 horas e 5 minutos para fazer os 15 km da São Silvestre sem deixar a bola cair.

Para ter êxito na São Silvestre, José Luz tem treinado todos os dias fazendo embaixadas na orla marítima de Natal sempre acompanhado pelo seu treinador, o professor de Educação Física, Carlos Alberto Costa (conhecido como Carlinhos Injeção).
Zé Luz: domínio absoluto com a bola
O atleta conhece como poucos o percurso da São Silvestre. Ao todo já foram 12 participações. Foi aprendendo toda a lojística da prova e avançando, ano após ano, para finalmente concluí-la sem deixar a bola cair.

A meta de José Luz, especialista como poucos na arte de fazer embaixadinha - independente se é com uma bola grande, pequena, ou com um limão - é entrar para o livro dos recordes. "Estamos mostrando que no Rio Grande do Norte temos atletas campeões. Vi muitos atletas fazendo pirueta com a bola, mas nós fomos até o fim os 15 km sem deixar a bola cair. Nossa meta agora é o livro dos recordes, o Guinness Book", declarou.

José Luz: a bola não cai (fotos Maurílio Amarilha)

Um comentário: