segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Brasil terá que construir 130 mil bibliotecas até 2020 para cumprir lei federal

Biblioteca escolar é a principal fonte de acesso ao livro
O Brasil precisa construir 130 mil bibliotecas até 2020 para cumprir a Lei 12.244, que estabelece a existência de um acervo de pelo menos um livro por aluno em cada instituição de ensino do País, tanto de redes públicas como privadas. Hoje, na rede pública, apenas 27,5% das escolas têm biblioteca.

Para equipar todas as 113.269 escolas públicas sem biblioteca, existentes no país, será necessária a necessária a construção de 34 bibliotecas por dia, começando agora. O levantamento foi feito, com base no Censo Escolar 2011, pelo movimento Todos pela Educação.

Os Estados mais carentes são os das Regiões Norte e Nordeste, que tradicionalmente têm infraestrutura escolar precária, com escolas que chegam a funcionar em construções sem energia elétrica e saneamento básico. Na rede municipal do Maranhão, por exemplo, só 6% das escolas têm biblioteca.

O que destoa da lista, no entanto, é o aparecimento do Estado de São Paulo com um dos piores resultados do ranking, com 85% das unidades de sua rede pública (escolas estaduais e municipais) sem biblioteca. São 15.084 escolas sem biblioteca.

O prejuízo para o estudante de São Paulo, Maranhão, e demais estados recalcitrantes, é enorme. Dados da pesquisa Retratos do Brasil 2012 mostram que para os estudantes de 5 a 17 anos, a biblioteca escolar é a principal fonte de acesso ao livro.

A justificativa mais comum para desrespeitar a lei é a falta de espaço físico, já que muitas das novas escolas são construídas em terrenos apertados. No caso das unidades antigas, muitas deram outro uso para a biblioteca: boa parte virou sala de aula para suprir a demanda por vagas e, em outras, a área foi, aos poucos, se tornando um depósito, com computadores empilhados e livros empacotados.

As instituições de ensino infantil são as mais prejudicadas: enquanto 82% das escolas de ensino profissional e 52% das de ensino médio construídas após 2008 possuem biblioteca, apenas 10% das de ensino infantil têm o espaço.

Para que a biblioteca escolar cumpra seu papel pedagógico, segundo os especialistas, deve-se levar em conta do espaço físico à qualificação dos funcionários, passando pela qualidade do acervo e pelas atividades agendadas no local. O tamanho mínimo é de 50 m², o acervo deve contemplar a diversidade de discursos, é preciso que haja computadores conectados à internet e bibliotecário responsável.



Nenhum comentário:

Postar um comentário