domingo, 31 de março de 2013

40 horas de Angicos: O homem que convenceu Aluizio Alves e o presidente John Kennedy sobre o projeto de Paulo Freire

1956: Calazans no Jornal do Brasil

English version

Nascido no município de Marcelino Vieira, Alto Oeste do Rio Grande do Norte, o jornalista Francisco Calazans Fernandes foi o homem escolhido por Aluizio Alves para o projeto ambicioso de fazer em 3 anos o que não se tinha feito em três séculos, alfabetizar 100 mil pessoas no estado.

A meta de Calazans Fernandes era a construção de 1.000 salas de aula e estender o acesso às escolas a todas as crianças do Rio Grande do Norte. Sabedor do projeto de alfabetização de Paulo Freire, Calazans decidiu adotá-lo no Estado, convenceu o governador Aluizio Alves, autoridades federais e o presidente dos Estados Unidos, John Kennedy.

O método de Paulo Freire era o adequado para a alfabetização em larga escala que tinha que ser feita no Rio Grande do Norte. A experiência de Angicos seria o primeiro passo para uma ampla campanha de alfabetização.

Calazans foi ainda o principal condutor da implantação do programa 'Aliança para o Progresso" no Rio Grande do Norte. Posteriormente, já na atividade privada, foi diretor-fundador da Fundação Roberto Marinho, onde atuou na direção e criação de programas educativos.


Calazans idealizou o Telecurso
Na Fundação Roberto Marinho foi o idealizador do programa Telecurso nos anos 70. Programa que tem atingido milhões de brasileiros com milhares de telessalas espalhadas em todas as regiões do país.

Jornalista premiado


Antes de vir para a Secretaria de Educação do RN, Calazans Fernandes já tinha recebido o Prêmio Esso, em 1961, e atuado nos Diários Associados, no O Globo, no Jornal do Brasil, na Editora Abril, e na Folha de São Paulo.

Calazans também foi correspondente regional, em Recife, da revista norte-americana Time Magazine, do jornal The New York Times, e trabalhou no Jornal do Comércio. Também atuou na Tribuna da Imprensa, Revista O Cruzeiro, Revista Visão, Correio da Noite e Agência Meridional.

Em viagens profissionais e de estudos, registrou atividades jornalísticas e conferências em países da América do Sul, da Europa, do Oriente e da África, com escalas em várias cidades, onde fez coberturas para vários Jornais e para as Revistas Manchete e Fatos e Fotos.



40 horas de Angicos: Linha do Tempo mostra que país se acovardou diante da perspectiva das classes pobres se alfabetizarem

1993: Paulo Freire visita Angicos e se encontra com ex-alunos do projeto
As 40 horas de alfabetização de Angicos em 1963 alcançou repercussão global, tornou-se referência em programa educacional, virou tema de milhares de teses acadêmicas em todo o mundo. No Brasil, como não poderia deixar de ser, o projeto foi tratado como algo perigoso pelas elites dominantes - política e militar, nordestina e nacional.

A linha do tempo do projeto de Paulo Freire - 40 horas de alfabetização em Angicos, divulgada pelo jornal Tribuna do Norte, em Natal, é reveladora de um país que se acovarda diante da perspectiva de que as classes mais populares aprendam a ler e escrever, tenham consciência de seu papel na sociedade e passem a cobrar seus direitos.

Nos episódios que se seguem as 40 horas de Angicos não se pode colocar a culpa na superpotência, costume de políticos recalcitrantes brasileiros e nordestinos, pelo contrário, os Estados Unidos, através do presidente John Kennedy apoiou o projeto com o bem sucedido programa "Aliança para o Progresso".

Fevereiro de 2013: Ufersa Angicos reune ex-alunos de Paulo Freire
Não se pode responsabilizar tão somente os militares, acostumados a dar ordem unida nos quartéis e completamente despreparados para governarem um país com a dimensão e a complexidade do Brasil, a responsabilidade também recai nos chefetes políticos do interior de estados maltratados pela miséria, como o Rio Grande do Norte.

A Linha do Tempo do projeto das 40 horas de Angicos

1958

Julho - Paulo Freire apresenta as bases teóricas de seu sistema de alfabetização de adultos no II Congresso Nacional de Educação de Adultos, realizado no Rio de Janeiro

1962

13 de abril - O presidente do Brasil, João Goulart assina em Washington Acordo Brasil-Estados Unidos sobre o Nordeste.

Calazans Fernandes com John Kennedy
Setembro - Calazans Fernandes, Secretário de Educação do RN, se reúne com Paulo Freire em Recife (PE) para falar sobre o projeto de Angicos. Meses depois Calazans Fernandes apresenta o projeto de Paulo Freire ao presidente dos Estados Unidos, John Kennedy.

Setembro - O governador do RN, Aluísio Alves, Calazans Fernandes e Maria José Monteiro reúnem-se com Paulo Freire, em Recife. O educador aceitou participar do projeto em Angicos.

Paulo Freire apresenta projeto a João Goulart
Dezembro - Marcos Guerra, estudante de Direito e presidente da União Estadual dos Estudantes, a pedido de Paulo Freire, forma a equipe de alfabetizadores.

3 de Dezembro - Celebração do Convênio entre o MEC, a Sudene (Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste), o Estado do Rio Grande do Norte e a Usaid (United States Agency for International Develpment), dentro dos propósitos do programa norte-americano "Aliança para o Progresso".

1963 

18 de Janeiro - Lançamento do projeto com a aula inaugural do Experimento de Angicos, com a presença de Aluízio Alves: 380 moradores começam a sua alfabetização.


24 de janeiro - Primeira aula regular do projeto sobre o tema: Conceito antropológico de cultura.

28 de janeiro - Primeira aula de alfabetização começando pela palavra geradora belota.

2 de abril - 40ª hora/aula dada pelo presidente João Goulart com a presença do governador do RN, Aluízio Alves, de vários governadores do Nordeste e de representantes da "Aliança para o Progresso".

Maio - A cidade de Angicos teve sua primeira greve. Os proprietários rurais chamam a experiência de Paulo Freire de praga comunista, como está registrado no livro de Calazans Fernandes.

29 de maio - Em carta a Aluízio Alves, o embaixador norte-americano Lincoln Gordon recomenda que o Programa de Angicos para a eliminação do analfabetismo seja adotado em todos os Estados.

Paulo Freire, o educador que se eterniza
2 de junho - Repercute a reportagem do jornal The New York Times sobre a experiência de Angicos. Para Angicos se deslocaram representantes de outros jornais tais como: Time Magazine, Herald Tribune, Sunday Times, United e Associated Press e Le Monde.

Outubro - Um grupo da Embaixada norte-americana visita o governador Aluízio Alves,em Natal, para preparar a visita do presidente John Kennedy a Angicos, programada para dezembro daquele ano (Kennedy seria assassinado, em Dallas, dia 22 de novembro do mesmo ano).

Segundo semestre - A experiência de Angicos é levada para outras cidades: Quintas (Natal), Mossoró, Caicó, Macau, Ubatuba, Osasco, Rio de Janeiro, Brasília, Aracaju, Porto Alegre e outras, como projeto-piloto do Programa Nacional de Alfabetização.

1964

21 de janeiro - O Decreto institui o Programa Nacional de Alfabetização consagrando o Sistema Paulo Freire para alfabetização em tempo rápido. O programa previa a criação de 60.870 círculos de cultura, para alfabetizar, em 1964, 1.834.200 analfabetos.

27 de janeiro - O Ministério da Educação designa Paulo Freire e outros membros para a Comissão Especial do Programa Nacional de Alfabetização.

14 de abril - Logo após o golpe de Estado de 1 de abril de 1964, o Decreto nº 53.886, de 14 de abril de 1964, extingue o Programa Nacional de Alfabetização.

15 de abril - Posse do general Castelo Branco na presidência da República.

16 de junho - Paulo Freire foi preso, acusado de subversivo e ignorante.

Freire, preso por ser educador de verdade
Setembro - Paulo Freire partiu para o exílio. Depois de uma rápida passagem pela Bolívia, seguiu para o Chile, onde permaneceu até 1969. Retorna ao Brasil apenas no final de 1979, e definitivamente, no ano seguinte.

1993

28 de agosto - Paulo Freire visita Angicos, 30 anos depois, e reencontra-se com antigos alunos, Marcos Guerra e monitores do projeto.

2002

Analisando os efeitos a longo prazo do método de alfabetização da experiência de Angicos, Nilcéa Lemos Pelandré (2002), após entrevistar alunos que se alfabetizaram em 1963, evidenciou que a aprendizagem mais significativa foi a elevação da sua autoestima e a consciência de não se sentirem mais excluídos do mundo letrado. Nesta tese de doutorado em linguística, a autora conclui que o segredo da eficácia de Angicos foi a promoção humana, professores preparados e motivados e imersão intensiva. Tempo curto, convívio intenso!


Fontes: Instituto Paulo Freire e livro 40 Horas de Esperança (Calazans Fernandes e Antônia Terra)

Leia também: RN lembra iniciativa do governo Aluizio Alves com o Método de Alfabetização de Paulo Freire em Angicos


sábado, 30 de março de 2013

Aula Inaugural do semestre da UFRN terá o tema "Empreendedorismo e Inovação"

Álvaro Toubes Prata

A Aula Inaugural do semestre letivo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) acontecerá no dia 11 de abril, às 9h, no auditório da Reitoria, em Natal, tendo como tema “Empreendedorismo e inovação”. A aula será ministrada pelo professor Álvaro Toubes Prata, secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação, do Ministério da Ciência e Tecnologia.

Álvaro Prata foi professor titular do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), onde foi reitor na gestão 2008-2012 e pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação entre 2000 e 2004. O pesquisador é formado em Engenharia Mecânica e Elétrica (UnB), com mestrado em Engenharia Mecânica e (UFSC) e doutorado em Engenharia Mecânica pela Universidade de Minnesota (EUA).

O palestrante ocupou por duas vezes a presidência do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação das Instituições de Ensino Superior. Em reconhecimento a sua atuação, recebeu a Comenda da Ordem Nacional do Mérito Científico - Classe Grã Cruz, dirigida a personalidades que se distinguem por relevantes contribuições à ciência.

quinta-feira, 28 de março de 2013

RN lembra iniciativa do governo Aluizio Alves com o Método de Alfabetização Paulo Freire em Angicos

Aluizio com Paulo: líder além de seu tempo

O Rio Grande do Norte relembra com homenagens e promessas de avanços a experiência do Método de Alfabetização Paulo Freire na cidade de Angicos que está completando 50 anos nestes meses de janeiro a abril de 2013.

A ação de Angicos, liderada pelo então governador Aluizio Alves, propôs a alfabetização de centenas de pessoas do Sertão Central Cabugi em 40 horas de aula. 

Mais do que a alfabetização em tempo recorde, algo que deve ser considerado com ressalvas, a idéia de Aluizio Alves era mostrar que o poder público podia e sempre pôde levar a Educação e a Alfabetização às camadas mais humildes da população.

Ele quis mostrar que a culpa pelo grau de despreparo, atraso, e analfabetismo, que campeava no Rio Grande do Norte tinha raiz e responsabilidade nas elites dominantes. Quanto mais despreparado e dependente seja o povo, mais fácil de se manter os privilégios das elites.

Aluizio Alves quis mostrar que a questão da Educação e da Alfabetização era e continua sendo uma questão de vontade política.

Discutir se a pessoa conseguiu aprender a ler e escrever, de verdade, nas 40 horas de aula, não é bem a questão, e Aluizio Alves sabia disso. O fato é que quem passou pela experiência das 40 horas de Angicos, sendo aluno, ganhou entusiasmo para continuar nos estudos; e quem passou pela experiência, na condição de monitor/educador, jamais perdeu de vista a importância do ensino para emancipação da pessoa e para o progresso social.

Trecho do discurso de Aluizio Alves no dia 2 de abril de 1963
Cinquenta anos depois da solenidade de encerramento do curso e entrega dos diplomas, a região do Sertão Central é convocada a relembrar a experiência das 40 horas de Paulo Freire em Angicos. Boa parte da programação será feita na grande estrutura da Ufersa (Universidade Federal Rural do Semi-Árido) em Angicos e em seu moderno auditório. 

Isso faz referência direta a visão do líder Aluizio Alves - a Educação, que chegou de forma experimental e no sentido de mutirão, para fazer com que as pessoas soubessem escrever o nome, ler um bilhete, e ter consciência de seu papel como cidadãos na sociedade, veio pra ficar 50 anos depois, robusta, forte, imponente (tal qual o pico do Cabugi), atendendo pelo nome de Ufersa e trazendo o desenvolvimento com conhecimento e progresso social.

Escola de Música da UFRN abre seleção para 17 vagas para Orquestra Infanto-Juvenil

17 vagas para Orquestra Infanto-Juvenil
A Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) abre seleção para o projeto de extensão da Orquestra Infanto-Juvenil. As aulas são gratuitas e as vagas destinam-se a alunos externos à Escola de Música, com idade entre 12 e 18 anos, e com conhecimento prévio musical.

A seleção será feita por meio de entrevistas. Para se inscrever, os interessados devem se dirigir à Secretaria dos Cursos de Extensão (antiga Secretaria do Curso Básico), no Campus central da UFRN, até a terça-feira, dia 2 de abril, e marcar o horário da entrevista, que acontece de 2 a 4 de abril.

Para participar, o aluno precisa possuir o instrumento musical. Estão sendo ofertadas 17 vagas - oito para violino, quatro para viola, duas para violoncelo e uma para contrabaixo.

Artesãos do RN: Mais de 4 mil já estão no Cadastro Nacional de Artesanato

Artesão mostra carteira ao lado da governadora Rosalba Ciarlini
O Programa Estadual de Artesanato (Proart) do Rio Grande do Norte já tem cadastrados mais de 4.800 artesãos potiguares. O cadastramento faz parte da estratégia do governo federal, em parceria com os governos estaduais, de inserir no Programa de Artesanato Brasileiro (PAB) todos os artesãos brasileiros.

Desde o dia 25 de fevereiro, quando começou o cadastramento, a equipe técnica do Proart responsável pelo cadastro já esteve nos municípios de Currais Novos, Acari, Lagoa Nova, Florânia, Bodó, Cerro Corá, São Vicente, Cruzeta, Serra Negra do Norte, Timbaúba dos Batistas, Caicó e Alto do Rodrigues. Na semana que vem, a equipe segue para os municípios de Assu, Itajá (dias 4 e 5) e Pureza (nos dias 8 e 9). O município de São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana da capital e famoso pelo artesanato em cerâmica azul, recebe os técnicos da Sethas em maio.

No mês de julho, durante a Famuse, tradicional feira dos municípios da região Seridó, o Proart, programa da Secretaria Estadual do Trabalho e Assistência Social, instalará posto de cadastramento para atender aos artesãos da região que não receberam visitas dos técnicos.

Para ter direito à carteira nacional, o artesão deve levar carteira de identidade, CPF, uma foto em tamanho três por quatro, cópia de comprovante de residência e demonstrar, pelo menos, uma etapa da produção da peça em presença do técnico responsável pelo cadastramento. Trata-se de uma exigência do PAB tendo em vista que há dois tipos de carteiras a serem emitidas: Carteira Nacional do Artesão e Carteira Nacional do Trabalhador Manual.

Nos dois casos, a carteira nacional assegura aos seus portadores isenção de ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias), aquisição da maquineta para compra e venda com cartão de crédito, acesso a financiamentos por meio de linhas de crédito junto ao Banco do Brasil e Banco do Nordeste, contribuição diferenciada do autônomo para Seguridade Social (INSS), possibilidade de participação em feiras e eventos nacionais e internacionais, descontos em empresas credenciadas pelo programa e possibilidade de registro de marcas e patentes no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).


quarta-feira, 27 de março de 2013

Eleição para o DCE da Ufersa é vencida pela chapa 2

"Movimente-se" vence eleições

A Chapa 2, "Movimente-se", é a grande vencedora das eleições para o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa).

A votação ocorrida nos quatro campi da Ufersa - Mossoró, Caraúbas, Pau dos Ferros e Angicos, durante a terça-feira (26), escolheram os representantes do DCE nos Conselhos Universitários e nos colegiados de Agronomia e Medicina Veterinária.

Com 62% do total de votos, a Chapa 2, "Movimente-se", encabeçada pela estudante de Direito, Rayane Andrade, e como vice, a aluna de Agronomia, Maria Clara, foi eleita para representar os discentes no DCE com um apurado de 1246 votos. 

Enquanto que a Chapa 1, "DCEnte - A voz acadêmica", representada pelo estudante de Ciência e Tecnologia, Júnior Gameleira, tendo como vice, o estudante de Engenharia de Pesca, Marcos Douglas, obteve 38% dos votos.

UFRN sedia Congresso Internacional de Publicidade e Propaganda

Eneus Barreto
A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) sediará o 1º Congresso Internacional de Publicidade e Propaganda (Conip) e o III Encontro da Rede Latino-americana de Pesquisadores em Publicidade (Relaip). Os dois eventos acontecerão no auditório da Reitoria, Campus central da UFRN, em Natal, no período de 3 a 5 de abril.

A abertura do Congresso, que terá como tema "Perspectivas da Publicidade na Ibero-América", acontece às 19h desta quarta-feira (3), com a presença da presidente da Relaip, Mónica Baquero Gaitán. Na solenidade, será feita entrega do prêmio Mandacaru que contemplará as melhores peças e cases publicitários de estudantes e de agências do mercado natalense.

O Conip terá as presenças do professor Eneus Tridade Barreto Filho, do Departamento de Relacões Públicas, Propaganda e Turismo da Universidade de São Paulo; Isabel Cristina Torres Estrada, da Universidad Pontificia Bolivariana Medellín (Colômbia); a reitora da Universidad Central Bogotá, magnifica Ingrid Zacipa Infante; o professor Ivan Coelho, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN, Brasil); e o Analista de Sistemas Thiago Garcia da Universidade Potiguar (UnP ).

Nascer com Dignidade: Audiência pública em Natal discute atenção materno-infantil

Audiência Pública sobre mortalidade infantil 

O Ministério Público Estadual do RN e o Fórum em Defesa da Saúde promovem nesta segunda-feira (1º) uma audiência pública para discutir a atenção materno-infantil e aprofundar o diálogo com o município de Natal visando a implementação de ações que mudem a realidade hoje existente.

O quadro detectado por vistoria feita pela Promotoria de Justiça de Defesa da Saúde da Comarca de Natal, no dia 13 deste mês de março, nas maternidades Unidade Mista de Felipe Camarão, Unidade Mista das Quintas, Hospital da Mulher Dr. Leide Morais, e Maternidade Escola Januário Cicco - revela sérios problemas.

A vistoria constatou superlotação nas maternidades, equipamentos defeituosos ou quebrados, mofo e infiltrações nos centros cirúrgicos. 

A audiência pública, que será realizada na sede da Procuradoria-Geral de Justiça, bairro de Candelária, às 14h, buscará soluções para esses e outros problemas que hoje comprometem a qualidade do serviço prestado às gestantes e recém-nascidos.

A iniciativa faz parte do projeto “Nascer com Dignidade”, do Ministério Público do Rio Grande do Norte, que visa a redução da mortalidade materno-infantil. A preocupação se evidencia quando verifica-se que no Rio Grande do Norte 76% dos óbitos de recém-nascidos e 80% dos óbitos maternos ocorrem por causas evitáveis, em sua maioria relacionadas à falta de atenção adequada à mulher durante a gestação, no parto e também ao feto e ao bebê.

Oficina permanente de Desenho e Aquarela da UFRN abre inscrições

Ação do projeto Vagalumes
A Oficina permanente de Desenho e Aquarela, promovida pelo projeto de ações integradas Vagalumes, do Departamento de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), está com inscrições abertas para alunos e o público externo. 

O curso será realizado em três módulos com dois meses de duração/cada e funcionará ao longo do ano de 2013 no Departamento de Artes, Campus central da UFRN, em Natal.

A oficina acontecerá dentro do seguinte cronograma - levando em consideração módulos e temas: Módulo I, de 8 de abril à 3 de junho - "Seguindo a linha, discernindo a forma, descobrindo a cor". Módulo II, de 5 de agosto à 07 de outubro - "Pesquisando a composição: a forma e a cor no espaço da criação". Módulo III, de 14 de outubro à 09 de dezembro - "Libertando a imaginação: recriar o mundo com o seu próprio olhar".

Para participar da oficina é necessário realizar a matrícula em cada módulo, cujo valor é de R$ 100,00. As inscrições serão realizadas em duas etapas. 

Na primeira etapa, o interessado dever enviar seus dados para o e-mail da professora Luiza Nóbrega (luiza14@gmail.com) com nome, idade, matrícula, função e curso, para os alunos da UFRN; e nome, idade, nível de instrução, área de interesse e profissão, para os participantes externos. 

A segunda etapa será no primeiro dia do curso. As aulas serão realizadas às segundas-feiras das 14 às 17h na sala G, do prédio anexo do Departamento de Artes.

terça-feira, 26 de março de 2013

Detran do RN convoca mais 08 aprovados no concurso público de 2010

Detran chama concursados

O Diário Oficial do RN desta terça-feira (26) traz a nomeação de 08 aprovados no concurso público do Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran-RN) feito em 2010 e homologado em 2012.

Os convocados, nessa que é a quarta chamada, irão assumir as vagas de candidatos anteriormente nomeados e que tomaram posse, mas que posteriormente solicitaram exoneração do cargo.

Com o ato, a quantidade de nomeações chega a 361. A quantidade inicial de vagas oferecidas pelo concurso era de 285. Os aprovados têm agora 30 dias para tomar posse e mais 30 dias para entrar em exercício. O Detran/RN disponibilizou em seu site a lista com os documentos necessários para apresentação.

O concurso foi feito em 2010 para o provimento aos cargos de Assessor Técnico, Assistente Técnico, Eletricista, Programador, Vistoriador, Emplacador e Analista de Suporte. O último processo seletivo público para preenchimento de cargos de provimento efetivo no Detran/RN tinha ocorrido em 1977.

Escola de Inglês vai levar 11 torcedores para final da Copa dasConfederações no Rio de Janeiro

Escola dará também bolsa de estudo
Escola de Inglês está lançando promoção para levar 11 torcedores a final da Copa das Confederações no Rio de Janeiro com tudo pago.

Para participar da promoção da escola Wise Up, o candidato deve acessar o site da instituição www.wiseup.com, e preencher o formulário e responder a seguinte pergunta: "Como a Wise Up vai me deixar pronto para o jogo?"

Além da viagem para o Rio com 10 amigos e com tudo pago, o vencedor do concurso receberá uma bolsa de estudos de 18 meses para aprender Inglês.

“É uma oportunidade única. Além de assistir a final, o vencedor do concurso vai poder presentear dez amigos com a mesma promoção e estudar na Wise Up de graça”, destaca Luciana Cavalcante, diretora da Wise Up no RN.

A escola Wise Up é uma empresa do Ometz Group/Grupo Abril Eduação e está presente no Brasil e no exterior, e é a escola de inglês oficial da FIFA.

Natal: Programação do Dia Mundial do Teatro será aberta com espetáculo "Ludique"

"Ludique" abre comemorações

O Teatro de Cultura Popular Chico Daniel apresenta nesta terça-feira (26), às 18h30, o espetáculo infanto-juvenil "Ludique" do Grupo de Teatro do CEI.

O espetáculo, com entrada franca, abre as comemorações em Natal do Dia Mundial do Teatro e dos 109 anos do Teatro Alberto Maranhão.

O espetáculo "Ludique" trata da magia do teatro - desde o figurino, passando pela carpintaria do cenário, pela máscara da maquiagem, pela palavra cantada, até as cores dos sentimentos e das emoções.

"Ludique" tem texto de Carlos Correia Santos, e adaptação e direção da dramaturga e professora do CEI, Ruth Freire.

O Teatro de Cultura Popular Chico Daniel (TCP) está localizado ao lado da Fundação José Augusto, bairro do Tirol, Natal.

A programação do Dia Mundial do Teatro se estende no dia 27, no Teatro Alberto Maranhão, a partir das 18h30, com o espetáculo “Nas ondas do rádio com Chiquinha Gonzaga”, da Cia Bagana de Teatro, e concerto especial da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte.

segunda-feira, 25 de março de 2013

Rosalba Ciarlini assina Ordem de Serviço para restauração da Biblioteca Pública Câmara Cascudo em Natal

A atualidade da Biblioteca Câmara Cascudo
Com recursos do Governo Federal da ordem de R$ 1.497.849,96 e contrapartida do Governo do Estado de R$ 365.453,79, a aguardada obra de reforma da Biblioteca Pública Câmara Cascudo, em Natal, finalmente vai sair do papel.

A Ordem de Serviço para início das obras será assinada nesta quarta-feira (27), 11h, no auditório do Gabinete Civil, Centro Administrativo, pela governadora Rosalba Ciarlini.

A empresa vencedora da licitação feita em novembro de 2012, Flague Construções Ltda., terá 12 meses para a conclusão das obras que estão orçadas em R$ 919.961,61.

O dinheiro que sobra do valor da reforma será utilizado, segundo informa a Fundação José Augusto, na aquisição de móveis, equipamentos e atualização do acervo bibliográfico.

Com as obras de reforma e modernização, a Biblioteca Câmara Cascudo estão previstos novos espaços como uma sala de exposição, auditório e sala infantil. A Biblioteca terá elevador para facilitar à acessibilidade e climatização em todos os seus ambiente.

Eleições nesta terça-feira (26) para o DCE nos quatro campi da Ufersa

Chapa 1: DCEnte

Nesta terça-feira (26) acontece eleição para a direção do DCE (Diretório da Central dos Estudantes) da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa). 

A eleição aocontece simultaneamente nos quatro campi da Ufersa - Mossoró, Angicos, Caraúbas e Pau dos Ferros.

Duas chapas disputam o DCE da Ufersa. A chapa 01, DCEnte, encabeçada pelo estudante de Ciência e Tecnologia, Júnior Gameleira, tendo como vice, o estudante de Engenharia de Pesca, Marcos Douglas; e a chapa 02, Movimente-se, encabeçada pela estudante de Direito, Rayane Andrade e, como vice, a estudante de Agronomia, Maria Clara.
 

Em paralelo acontecerão eleições para representações dos discentes junto ao Consuni, Consepe, Conselho Curador, além dos representantes para os colegiados de Medicina Veterinária e Agronomia.

Chapa 2: Movimente-se
Na Ufersa Mossoró a votação acontecerá no horário das 7 às 22h, com urnas no prédio do Restaurante Universitário (manhã, tarde e noite), e no prédio Central, na sala do DCE (manhã e tarde). 

Já nos campi de Angicos, Pau dos Ferros e Caraúbas, o horário de votação será das 8h da manhã, às 20h. Estão aptos a votar mais de 6.500 estudantes.
 

De acordo com o presidente da Comissão Eleitoral, André Victor Sales Passos, na urna do Restaurante Universitário haverá votações para o DCE e Conselhos Universitários e, na urna do prédio Central para os Centros Acadêmicos de Agronomia e Medicina Veterinária e Departamento de Ciências Vegetais.

Federação usa boneco "Cajulino" para alavancar futebol profissional do RN

Na falta de craques, o RN tem Cajulino
Na falta de craques que levem torcedores aos estádios e despertem nas crianças e jovens o desejo de acompanhar o futebol local, a Federação Norteriograndense de Futebol (FNF) mandou fazer um boneco, denominado de "Cajulino", na tentativa de alavancar a presença de público nos jogos.

O boneco está fazendo uma verdadeira peregrinação pelas escolas e despertando uma certa curiosidade  na garotada, se vai levar os pais a irem assistir jogos nas tardes de domingo no estádio Nazarenão, em Goianinha, ninguém sabe.Talvez o pessoal do boneco não tenha seguido o conselho de Garrincha - não tenha combinado com o adversário.

O fato é que o boneco visita nesta terça-feira (26), às 10h30, a Escola Municipal Irmã Arcângela. Na oportunidade, funcionários da FNF farão sorteios de brindes, camisetas e bolas de futebol.

A FNF está divulgando que o cadastro para receber o boneco "Cajulino" deve ser feito pelas escolas interessadas no site http://www.fnf.org.br. As visitas serão programadas de acordo com
sorteio.

Inscrições para 9ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas terminam no dia 5 de abril

Dilma Rousseff e os vitoriosos de 2012
As Escolas públicas de todo o país têm até o dia 5 de abril para inscrever seus alunos na 9ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). As inscrições são feitas pelo site www.obmep.org.br

As provas são diferenciadas por níveis de alunos concorrentes. O nível 1 é composto por alunos dos 6º e 7º anos do ensino fundamental. O nível 2 é para os alunos dos 8º e 9º anos do ensino fundamental. O nível 3 é para os alunos do 1º, 2º e 3º anos do ensino médio.

A Olimpíada e feita em duas fases. Na 1ª fase, classificatória, os alunos fazem provas objetivas (20 questões de múltipla escolha). As provas da primeira fase, nesta edição de 2013, acontecem no dia 4 de julho (terça-feira), em horário a ser definido pelas próprias escolas.

Os alunos de cada escola com melhor desempenho na 1ª fase se classificam para a 2ª fase, que terá entre 06 a 08 questões discursivas. As provas da 2ª fase serão feitas no dia 14 de setembro, às 14h30, nos locais a serem definidos pela coordenação da Obmep.

No site da Obmep está sendo disponibilizado material didático de qualidade que pode ser usado por estudantes e professores de todo o país.

No dia 29 de novembro, serão divulgados os premiados da Olimpíada Brasileira de Matemática 2013, sendo 6.000 medalhistas (500 medalhistas de ouro, 900 medalhistas de prata e 4.600 medalhistas de bronze) e cerca de 46.200 ganhadores de menções honrosas. Os 6.000 medalhistas serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC-OBMEP) no ano de 2014.

domingo, 24 de março de 2013

Aposta no Turismo: Carnaval de Macau se consolida como um dos maiores do Nordeste

Carnaval leva para Macau milhares de foliões
Matéria publicada na edição deste mês da Revista Foco

O sucesso alcançado no Carnaval de Macau neste ano de 2013, com centenas de milhares de pessoas pulando felizes nas ruas, deve ser visto como a integração perfeita entre a cultura de um povo, a capacidade empreendedora nas áreas pública e privada, e a ousadia de não temer ser grande.

Macau fez o maior carnaval do Rio Grande do Norte porque se preparou para isso. Não estamos falando em carnaval fora de época. Estamos falando de carnaval de verdade, carnaval nos dias de carnaval. Carnaval que não concorre apenas com os esforços de municípios do Rio Grande do Norte, mas com as imensas festas de Recife, Olinda, Salvador e Rio de Janeiro.

Macau mostrou que tem os ingredientes necessários para fazer o maior carnaval. Alguns desses ingredientes podem até existir em outras partes – organização, espaço para eventos, praias, ruas, administrações municipais dispostas em investir visando o turismo. Nesse aspecto, Macau competiu com vigor, oferecendo ao visitante uma festa repleta de atrações, amplo espaço para shows, uma praia voltada para a folia, e a natural receptividade de sua gente.

Entretanto, Macau vai além desse leque de ingredientes que podem existir em outras partes. Macau tem toda uma cultura de um povo festivo e que abraça a folia com alegria e entusiasmo, a qualquer hora do dia ou da noite, sem mostrar cansaço. Povo que abraça a todos, independente de onde o visitante seja e de suas condições financeiras.

Macau tem um carnaval próprio, pode até trazer atrações de fora, como aconteceu em 2013, mas o estilo não é importado. É “made in” Macau. O “Mela-Mela” é um desses componentes que só se vê no Carnaval de Macau. Começou como uma ação espontânea dos foliões, virou referência, está mais estruturado, mas continua sendo uma coisa própria do povo.
A cidade ficou pequena para a multidão
Numa atitude corajosa e empreendedora, a prefeitura de Macau fez em 2013 o maior Carnaval na cidade e o maior de todo o Estado. 

Investiu o dinheiro público na verdadeira festa do povo. Garantiu, com isso, não apenas a felicidade de sua gente, mas a consolidação de Macau como o principal destino do Rio Grande do Norte nos dias de carnaval.

O investimento público garantiu também o desenvolvimento econômico, mais geração de renda, e milhares de visitantes de várias partes do Rio Grande do Norte e da região Nordeste. O nome para isso é turismo, é progresso que chega pelo contagioso festejo das ruas, a cidade e as pessoas que nela vivem.

Macau definitivamente não é mais a cidade “do já teve”. Macau é a cidade da alegria, do maior carnaval do Rio Grande do Norte. A cidade do visitante que entra no “Mela-Mela”, vibra com Ricardo Chaves, curte a música de Péricles, pula com Grafith, aluga solidariamente casas de famílias, ocupa pousadas e hotéis, enche os restaurantes, compra nos supermercados e comércio local. Visitante que vai embora, deixa dinheiro na cidade, e já marca, no mínimo, um retorno certo: no próximo carnaval, em 2014.

Companhia Bagana se apresenta em Natal nas comemorações dos 109 anos do Teatro Alberto Maranhão

Companhia Bagana: a grande atração dos 109 anos do TAM
Com o espetáculo "Nas ondas do Rádio com Chiquinha Gonzaga", o grupo mossoroense, Companhia Bagana, se apresenta nesta quarta-feira (27), às 19h, no Teatro Alberto Maranhão, bairro da Ribeira, em Natal, com entrada gratuita. A apresentação acontece dentro das comemorações do aniversário de 109 anos do Teatro Alberto Maranhão. 

O musical, criado em 2011, se passa em um programa de rádio e divulga 14 canções de autoria de Chiquinha Gonzaga, numa alusão a era dos cantores do rádio. O espetáculo tem 40 minutos de duração e 07 peças em cena - quatro cantoras, uma locutora e dois músicos. A produção geral é de Joriana Pontes.

Maestro Leonardo Cunha
A noite dos 109 anos do Teatro Alberto Maranhão (TAM) será fechada com a apresentação da Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte com a batuta do maestro Leonardo Cunha. A Orquestra Sinfônica contará também com a participação do clarinetista pernambucano Enéas Albuquerque e do clarinetista João Paulo de Araújo - professor de clarineta e saxofone da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) 

As atividades alusivas ao Dia Mundial do Teatro e aos 109 anos do Teatro Alberto Maranhão começam na terça-feira (26) com a apresentação da peça "Ludique" pelo Grupo de Teatro do CEI. A peça será encenada às 18h, com entrada gratuita, no Teatro de Cultura Popular "Chico Daniel", bairro do Tirol, Natal.

Na peça, o grupo procura contar como se construiu a magia do teatro, o figurino da beleza, as cores do sentimento e da emoção. A peça é feita a partir do texto de Carlos Correia Santos, com direção e adaptação de Ruth Freire, direção musical de Liana Monteiro, e iluminação de Castelo Casado.

A história do Teatro Alberto Maranhão

O Teatro Alberto Maranhão é monumento tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico do Rio Grande do Norte. Conserva linhas e elementos da arquitetura francesa do final do século XX, além de cerâmica belga como revestimento do piso de entrada e da plateia. Sua construção teve início em 1898, obedecendo a planta do engenheiro José de Berredo, no Governo Ferreira Chaves, sob a direção do Major Theodósio Paiva.

sábado, 23 de março de 2013

Mini Circuito de Dança Contemporânea Pé no Chão irá a 06 municípios do RN

Coreografia do espetáculo "Soloparestrios"
A Cia de Dança do Teatro Alberto Maranhão está apresentando o Mini Circuito de Dança Contemporânea Pé no Chão em diversos municípios do Rio Grande do Norte.

O projeto, idealizado e criado por Igor Fortunato, está levando a dança e oficinas com os professores Juarez Moniz e Margoth Lima, aos municípios de Natal, Extremoz, Bom Jesus, Santa Cruz, São Miguel do Gostoso e Barra de Maxaranguape.

O projeto Pé no Chão tem direção de Wanie Rose, produção de Igor Fortunato, iluminação de Ronaldo Costa; e os bailarinos Gabriela Gorges, Gislane Cruz, Gustavo Santos, Juarez Moniz, Julia Vasques, Margoth Lima, Maxs Lima, Natalia Negreiros e Tratyelli Raulino.

Espetáculo "Soloparestrios"
No projeto Pé no Chão são apresentados os espetáculos "Soloparestrios" com coreografias assinadas por Agnes Rodrigues, Bruno Borges, Cosme Gregory, Clebio Oliveira, Erika Rosendo, Edson Claro, Gabriela Gorges, Gustavo Santos, Juarez Moniz, Marcelo Pereira,Tomas Quaresma e Wanie Rose; "Eu, Vos e Ele" de Juarez Moniz, e "Rio cor de rosa" de Clebio Oliveira.

As atividades do projeto foram iniciadas na sexta-feira (23) e prosseguem neste sábado (24) com Oficina de Dança Contemporânea, das 8h às 12h, na sede da Escola de Dança do Teatro Alberto Maranhão (Edtam), na Rua Chile, bairro da Ribeira, Natal. Estão sendo oferecidas 30 vagas. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail higorrfortunato@hotmail.com. 

Na sexta-feira (23) também aconteceram os espetáculos "Solosparestrios", na Edtam, às 16h30; e "Eu, Vos e Ele", às 18h. Os dois espetáculos com entrada gratuita e ingressos ( retirados no local 1 hora antes do espetáculo começar) para 60 pessoas.

Neste sábado (24) tem o espetáculo "Rio cor de rosa", na Edtam, às 18, com entrada gratuita e ingressos para 60 pessoas, a serem retirados no local 1 hora antes.

sexta-feira, 22 de março de 2013

Educação forte: Estrutura da Ufersa Angicos e curso de Engenharia entusiasmam estudantes da Região do Sertão Central

Grande estrutura e boas instalações empolgam estudantes
A Educação forte que chega como instrumento real de orgulho e de desenvolvimento social de um povo. A ida de 250 estudantes de Ensino Médio de nove municípios da Região do Sertão Central, a mais pobre do RN, nesta sexta-feira (22), por ocasião da abertura do Seminário sobre Perspectivas de Engenharia Civil na Região do Semiárido, as dependências do Campus da Ufersa em Angicos deve ser vista por aspectos distintos.

Em primeiro plano a própria intenção da Ufersa (Universidade Federal Rural do Semi-Árido) de mostrar aos jovens estudantes as perspectivas da Engenharia Civil na região do Semiárido.

O outro aspecto é o impacto que a grande Escola causa na mente das centenas de jovens e o consequente impulso para a continuidade nos estudos. A Ufersa tem a condição por sua grandiosidade e pragmatismo de impactar jovens, mudar fisionomias de cidades, tornar a perspectiva de desenvolvimento irreversível, estimular a pesquisa científica entre estudantes de escolas públicas estaduais, e promover o verdadeiro progresso social a partir do orgulho de ser Escola e de ser Ambiente de ensino/aprendizagem.

Engenharia Civil é um curso novo na Ufersa Angicos que teve início neste semestre e a primeira turma conta com 17 alunos, a maioria da região. O Seminário tem o objetivo de difundir o novo curso e mostrar o amplo campo de trabalho que se abre na região na área da Engenharia Civil.

Ao público formado pelos 250 estudantes de escolas públicas dos municípios da Região se somou o contingente de universitários de Ciência e Tecnologia da Ufersa.
A grande universidade está mudando a face do Sertão pela Educação
O primeiro momento do Seminário foi finalizado com a palestra “O que se estuda em Engenharia Civil”, ministrada pelo professor Alexandre Bertine, da Universidade Federal do Ceará. Na ocasião, o professor comentou que a partir da última década as perspectivas de trabalho na área de Engenharia Civil têm aumentado significativamente e explanou sobre as funções do Engenheiro Civil. “O Engenheiro Civil projeta, planeja e executa, fiscaliza e supervisiona a construção”, frisou.

Durante todo o dia desta sexta os estudantes receberam informações sobre a atuação profissional do Engenheiro Civil e sobre a estrutura que a Ufersa oferece para o curso."A Universidade está contribuindo para o desenvolvimento da região, promovendo a valorização do curso de Engenharia Civil", ressalta o professor Aerson Barreto, coordenador do seminário.

O reitor da Ufersa, José de Arimatea de Matos, destacou a importância da instalação da universidade em Angicos como uma importante oportunidade para os estudantes fazerem um curso superior de qualidade sem precisar se deslocar em grandes distâncias. “A Ufersa Angicos foi criada para oferecer oportunidades de mudança de vida”, afirmou Arimatea.

Projeto "Um Mergulho no Tempo Profundo" no Museu Câmara Cascudo em Natal

Museu Câmara Cascudo, Natal

O Museu Câmara Cascudo, em Natal, está iniciando nesta sexta-feira (22) as atividades do projeto de extensão "Um Mergulho no Tempo Profundo".

O objetivo do projeto é promover a divulgação científica para estudantes de ensino médio e fundamental das redes pública e privada de ensino.

"Um Mergulho no Tempo Profundo" é uma iniciativa, tendo como parte principal a exposição, do Laboratório de Paleontologia e do Setor de Pesquisa e Documentação do Museu Câmara Cascudo, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). 

A exposição inclui peças fósseis referentes a mamíferos pleistocênicos, como preguiças e tatus gigantes, mastodontes e tigres-dente-de-sabre, e réplicas de alguns dos fósseis mais importantes da História da Paleontologia, como o crânio do Herrerasaurus, um dos dinossauros mais antigos que se conhece.

A exposição vai continuar aberta à visitação e servirá de ambiente para as atividades do projeto de extensão “Um Mergulho no Tempo Profundo”, dando suporte teórico às abordagens sobre a mostra de fósseis, as dinâmicas geológica e biológica do planeta Terra e as mudanças e os ciclos pelos quais o planeta passou ao longo de sua história.