quarta-feira, 13 de março de 2013

Empresários europeus apresentam proposta de construção de Marina em Natal na Secretaria de Esporte do RN

Empresários apresentam proposta 

Proposta de construção de Marina em Natal, com propósito de intercâmbio na capacitação profissional e em eventos esportivos, é apresentada ao secretário do Esporte e do Lazer do RN, Joacy Bastos, na tarde de terça-feira (12), por empresários europeus.

A reunião, ocorrida na sede da Secretaria do Esporte e do Lazer, bairro de Candelária, contou também com as participações dos secretários municipais do Turismo, Fernando Bezerril, e do Esporte, Luiz Eduardo Machado Pereira.
Estiveram presentes os empresários Phillipe Pico Mata, diretor de projetos do Anteagroup (Agence Rhône-Alpes Méditterranée), Sérgio Azzareto, do grupo HFC Portugal, Jean-Marie Barbero, diretor e coordenador financeiro do grupo New Co Marine, e Ricardo Moesch, diretor do MECC Solution.

Os empresários europeus comunicaram o interesse em investir na construção de uma Marina em Mar Aberto, na Praia de Areia Preta, proximidades do início da Via Costeira.

O mesmo grupo também estuda o interesse em participar da licitação para construção da Marina do Estuário do Potengi, que será localizada a 500 metros da Fortaleza dos Reis Magos e a 50 metros da Ponte Forte Redinha.

A marina do Estuário do Potengi é considerada de médio porte, já a marina da Praia de Areia Preta, caso concretizada, será de grande porte.

O projeto da Marina em Mar Aberto inclui ações que agregam ações sociais e esportivas ao turismo que é o ponto forte do empreendimento. Devem ser instaladas a Escola de Marinheiro Civil e a Escola de Manutenção de Velas. Parceria com a Federação Francesa de Velas garantirá condições para Natal sediar eventos internacionais na área náutica.

“A instalação de Marina de Mar Aberto em Natal poderá impulsionar os esportes náuticos de Vela. Esportes que traduzem o perfil econômico do Turismo Náutico. O legado social se manifestará pelas oficinas que a Federação Francesa de Velas será parceira. Isso criará profissionais na área náutica com repercussão no campo social e na geração de renda”, afirmou o secretário estadual do Esporte e do Lazer, Joacy Bastos.

Para o secretário de Turismo de Natal, Fernando Bezerril, uma Marina tem a capacidade de gerar dezenas de milhares de empregos, e representa investimentos da ordem de R$ 150 milhões.

“Numa marina, cada barco gera em torno de 06 empregos. São empregos de manutenção, mas que exigem qualificação. Daí a necessidade importante de criar escolas de capacitação profissional”, destacou Fernando Bezerril.

Ricardo Moesch, do grupo MECC solution, está vendo como positivas as conversas entre os empresários europeus e os governos estadual e municipal para a concretização do projeto da Marina em Mar Aberto. “Foi demonstrado grande interesse nas esferas públicas estadual e municipal. O próximo passo é consolidar um termo de compromisso entre as partes para o início das ações”, ressaltou o empresário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário