segunda-feira, 25 de março de 2013

Inscrições para 9ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas terminam no dia 5 de abril

Dilma Rousseff e os vitoriosos de 2012
As Escolas públicas de todo o país têm até o dia 5 de abril para inscrever seus alunos na 9ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). As inscrições são feitas pelo site www.obmep.org.br

As provas são diferenciadas por níveis de alunos concorrentes. O nível 1 é composto por alunos dos 6º e 7º anos do ensino fundamental. O nível 2 é para os alunos dos 8º e 9º anos do ensino fundamental. O nível 3 é para os alunos do 1º, 2º e 3º anos do ensino médio.

A Olimpíada e feita em duas fases. Na 1ª fase, classificatória, os alunos fazem provas objetivas (20 questões de múltipla escolha). As provas da primeira fase, nesta edição de 2013, acontecem no dia 4 de julho (terça-feira), em horário a ser definido pelas próprias escolas.

Os alunos de cada escola com melhor desempenho na 1ª fase se classificam para a 2ª fase, que terá entre 06 a 08 questões discursivas. As provas da 2ª fase serão feitas no dia 14 de setembro, às 14h30, nos locais a serem definidos pela coordenação da Obmep.

No site da Obmep está sendo disponibilizado material didático de qualidade que pode ser usado por estudantes e professores de todo o país.

No dia 29 de novembro, serão divulgados os premiados da Olimpíada Brasileira de Matemática 2013, sendo 6.000 medalhistas (500 medalhistas de ouro, 900 medalhistas de prata e 4.600 medalhistas de bronze) e cerca de 46.200 ganhadores de menções honrosas. Os 6.000 medalhistas serão convidados a participar do Programa de Iniciação Científica Jr. (PIC-OBMEP) no ano de 2014.

Em 2012, Olimpíada teve a participação de quase 20 milhões de alunos de 46.728 escolas, localizadas em 99.42% dos municípios brasileiros.

Criada em 2005 com o objetivo de estimular o estudo da matemática entre alunos de escolas públicas e revelar talentos, a OBMEP é um projeto do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). É promovida pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) e pelo Ministério da Educação (MEC), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).




Nenhum comentário:

Postar um comentário