segunda-feira, 18 de março de 2013

Lideranças políticas do RN prometem união pela criação da Universidade Federal do Seridó

Rosalba Ciarlini: união pela nova universidade
A audiência pública da manhã desta segunda-feira (18), na Assembleia Legislativa do RN, teve como principal resultado a promessa de união das principais lideranças políticas pela criação da Universidade Federal do Seridó.

Falando na audiência, a governadora Rosalbal Ciarlini garantiu apoio e disse que, quando senadora da República, apresentou Projeto de Lei propondo a criação da instituição federal no Seridó.

Dom Jaime Vieira, arcebispo metropolitano, escolhido como presidente da comissão para a criação da Universidade, falou da  importância educacional e econômica que a nova instituição trará para todo o estado do Rio Grande do Norte. "Temos que dar passos concretos para a implantação dessa Universidade. É essa instituição que vai garantir o desenvolvimento sustentável para o Seridó e para todo o estado", assegurou Dom Jaime.

O presidente da Câmara Federal, Henrique Alves, disse que o poder executivo vai avaliar todas as possibilidades, a questão orçamentária, questões ligadas ao ministério da Educação.

"Vamos tentar somar a essa iniciativa do projeto e aproveitar a visita da presidenta Dilma e do ministro da Educação, Aloísio Mercadante, que em abril vêm ao Rio Grande do Norte. Vamos tentar mostrar, convencê-los da importância da criação desta Universidade para o nosso estado. É uma luta que começa e temos que enfrentá-la, um momento político importante que estamos vivendo no cenário nacional e essa é uma oportunidade para tentarmos mostrar que a criação da instituição é uma causa justa para o nordeste brasileiro", afirmou Henrique Alves.

A audiência pública foi proposta pelo deputado estadual Nélter Queiroz e aconteceu no auditório da Assembleia Legislativa, com a presença de prefeitos da região do Seridó, de deputados estaduais, dos deputados federais Betinho Rosado, Fátima Bezerra e João Maia; do senador José Agripino e do presidente da Câmara Legislativa Federal, Henrique Eduardo Alves.

No momento, o projeto encontra-se parado na Câmara Federal.

O Seridó

A região do Seridó tem como cidades pólos - Caicó e Currais Novos. A região tem  23 municípios, numa área territorial de 9.123,6 km² e uma população de 251.836 habitantes (população menor que a de Mossoró, sede de uma universidade federal - a Ufersa). As principais atividades econômicas são a agropecuária, indústria extrativa mineral, artesanato, e o comércio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário