terça-feira, 23 de abril de 2013

Parecer de Medida Provisória destina R$ 16,2 bilhões do petróleo para a Educação pública em 2013

Zaratttini quer dinheiro todo na Educação

Proposta de parecer de Medida Provisória destina 100% da participação especial da União e do Fundo Especial de Estados e Municípios à Educação.O parecer do relator, deputado federal Carlos Zarattini (São Paulo) destina a participação especial e dos royalties dos contratos atuais e futuros de exploração do petróleo para a Educação.

Os 100% da participação especial da União e do Fundo Especial de Estados e Municípios serão para à Educação, e os 100% dos royalties da União irão para a Ciência e Tecnologia. Isso representa R$ 16,2 bilhões para a Educação já em 2013, e R$ 3,2 bilhões para Ciência e Tecnologia.

Dinheiro é que não vai faltar caso esse parecer venha a ser aprovado e levado à efeito. O problema, crônico, é transformar isso em escolas públicas de qualidade, principalmente no âmbito dos estados.

Carlos Zarattini, acredita que ao destinar os recursos para a Educação, a outra área problemática da esfera pública, a Saúde, também será beneficiada. “É importante lembrar que as universidades federais, os cursos de Medicina e os hospitais universitários são bancados pela educação e, de forma geral, o maior nível de conhecimento de toda população ajuda nas práticas da saúde”, afirmou.

Falta combinar com a população. Em qualquer cenário, até mesmo nas escolas, ele irá ouvir que a Saúde Pública brasileira jaz no caos e na falta de dinheiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário