quinta-feira, 4 de abril de 2013

Programa do Leite do RN tem redução da ordem de 60 mil litros por dia

Famílias sofrem com redução no Programa do Leite
O Programa do Leite do governo do RN tem sofrido sensível redução prejudicando a vida de milhares de pessoas em várias partes do estado.

Por um lado o programa sofre com a redução no rebanho e, consequentemente, na produção agropecuária do RN. Por outro, o programa tem sido afetado com a pouca relevância dada pelo governo do Estado.

Os números apontam para uma queda de 43,8% no Programa do Leite do RN. Essa queda afeta a população que depende do programa, e também na capacidade de gerar emprego e renda dos produtores.

A quantidade contratada inicialmente era de 155 litros de leite por dia. Os atuais dados do Sindicato dos Produtores de Laticínios revelam que a redução ocorrida no mês de março foi a maior já registrada - com a entrega de apenas 38,7% do total previsto pelo governo do Estado. Isso representa 60 mil litros de leite a menos por dia.

Vale também dizer que o Rio Grande do Norte paga um dos menores valores pelo litro de leite do pais. O governo paga ao produtor R$ 0,93 pelo litro de leite, enquanto a média nacional é de R$ 1,40.

Em julho de 2012, 145 mil famílias eram atendidas pelo Programa do Leite. Hoje, com a redução do leite e os problemas na organização do programa, o governo não sabe informar quantas famílias são atendidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário