quarta-feira, 10 de abril de 2013

Ufersa avança: a gigante do ensino no RN pode chegar a Assu

Reunião discute expansão do ensino superior

Em reunião ocorrida na reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) na segunda-feira (8) para discutir a expansão do ensino superior no Estado, com a presença do reitor da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa), José de Arimatea de Matos, o município de Assu foi um dos temas principais.

Na oportunidade, o prefeito de Assu, Ivan Júnior, entregou ao reitor da Ufersa, à reitora da UFRN, Ângela Paiva, e à deputada federal Fátima Bezerra, um relatório com o levantamento das demandas de cursos superiores em seu município e na região do Vale do Assu.

Assu já conta com um campus da UERN (Universidade do Estado do Rio Grande do Norte), que tem se revelado bem aquem da demanda da região.

A expansão pretendida teria que passar necessariamente pelas duas federais - Ufersa ou UFRN. Por se tratar de uma região de vocação produtiva e localizada no semi-árido nordestino e norteriograndense, tudo aponta para uma expansão que contemple a chegada da gigante Ufersa em terras assuenses.


Segundo o reitor José de Arimatea, a Ufersa encontra-se em processo de consolidação do crescimento e apresenta damenada para dar continuidade ao seu plano de expansão. Entre os novos cursos previstos estão 09 de engenharia já pactuados com o Ministério da Educação. “A Ufersa vai fazer 8 anos. É importante o trabalho de uma comissão de expansão, que começou recentemene, para que se tenha um crescimento planejado", disse José de Arimatea.

Para a deputada federal Fátima Bezerra, a iniciativa de Assu, reivindicando participar da expansão do ensino superior no Estado, é de extrema importância para promover o desenvolvimento da região. “O documento de Assu tem que ser estudado com carinho, pois é uma cidade polo importante que tem demandas de cursos”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário