domingo, 12 de maio de 2013

Ciência sem Fronteiras concederá mais de 45 mil bolsas de estudos no exterior em 2013

Alunos de Goiás em Ontário,  Canadá
O total de bolsas de estudos concedidas pelo "Ciências sem Fronteiras" ultrapassará a casa das 45.000 no ano de 2013.

Desde 2011, quando foi criado, o programa federal "Ciência sem Fronteiras" já concedeu 41.133 bolsas de estudos. Desse total, 23.851 estudantes foram aprovados no ano passado, sendo que mais de 19 mil já estão no exterior. Outros 17.282 candidatos foram selecionados em chamadas este ano.

Este número ainda não está fechado, já que há chamadas abertas para China, Irlanda, Áustria, Bélgica e Finlândia, que só encerram o prazo de inscrição neste mês de maio. Com isso, o total deste ano deve ultrapassar a meta de 45 mil bolsas. A previsão é de que novos editais sejam anunciados no segundo semestre.

“O Ciência sem Fronteiras é um programa de impacto político, acadêmico, econômico. A demanda é fortíssima, pois a marca do Ciência sem Fronteiras é muito forte e bastante reconhecida internacionalmente”, disse o ministro da Educação, Aloizio Mercadante.

Criado com a meta de oferecer 101 mil bolsas de estudo no exterior, o Ciência sem Fronteiras já mantém parcerias em 35 países. O objetivo é promover o avanço da ciência, tecnologia, inovação e competitividade industrial por meio da expansão da mobilidade internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário