segunda-feira, 20 de maio de 2013

Consórcio do Alto Oeste do RN pretende resolver o problema dos lixões

A Lei que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos determina que os lixões devem ser extintos até o ano de 2014. Para que isso venha a acontecer se faz necessária a construção de Aterros Sanitários em diversas áreas do país e, consequentemente, do Rio Grande do Norte.

Reunião do Consórcio do Alto Oeste
O Consórcio Público de Saneamento da Região do Alto Oeste, já criado formalmente, reúne 44 municípios e avança no assunto do Resíduo Sólido.

04 consultores contratados pela Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do RN estão atuando dando suporte técnicos aos municípios e às populações. "Vamos coletar, junto às populações, dados em relação às potencialidades e dificuldades de cada lugar, no que diz respeito a destino de lixo e reciclagem", disse o consultor e engenheiro ambiental André Sampaio.

A Secretaria do Meio Ambiente está elaborando projetos para a construção de sistemas de aterro em Pau dos Ferros (Alto Oeste), Caicó (Seridó) e em Assu (Regiões do Vale do Assu e Central).

Os recursos para a construção já estão assegurados através de convênio com o Governo Federal (Fundação Nacional de Saúde) da ordem de R$ 22 milhões, incluindo contrapartida do Governo do RN.
“A criação de Consórcios é fundamental para ajudar as Prefeituras a resolverem o destino de seus lixos, pois serão eles os responsáveis pela administração do aterro de sua região”, disse Jeni Melo, técnica da Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário