quarta-feira, 8 de maio de 2013

RN é o terceiro estado brasileiro com menor percentual de professores temporários em sala de aula

Levantamento publicado pelo site UOL mostra o Rio Grande do Norte como o terceiro estado brasileiro com menor percentual de professores temporários em sala de aula.

Em ranking que tem os estados do Espírito Santo (71%), Mato Grosso (66,1%) e Acre (62,9%) como os líderes de utilização de professores temporários em sala de aula, o Rio Grande do Norte é destaque positivo ficando na outra ponta da tabela.

O estado que menos utiliza professores temporários é o do Rio de Janeiro (3,5%), seguido de Rondônia (14,5%) e do Rio Grande do Norte (14,9%).
Gráfico do UOL
Para conseguir ser destaque no país, o Rio Grande do Norte fez nos últimos dois anos a convocação de 3.723 professores e especialistas aprovados no último concurso público.

“A governadora Rosalba Ciarlini tem feito um esforço enorme, apesar das dificuldades financeiras, para garantir professor efetivo em sala de aula, influenciando decisivamente na qualidade do ensino. Esse foi o governo que acabou com o vício de tratar como efetivo o professor temporário", destaca a secretária de Educação do RN, Betania Ramalho.

As informações publicadas pelo UOL foram obtidas a partir dos microdados do Censo Escolar 2012, onde foram considerados todos os tipos de contratos diferentes por professor e por rede.

Nenhum comentário:

Postar um comentário