terça-feira, 11 de junho de 2013

RN: Fábrica de Cimento MIZU em Baraúna tem inscrições abertas para curso de capacitação profissional

A fábrica MIZU Cimentos Especiais, instalada em Baraúna, está oferecendo curso gratuito de qualificação profissional com 20 vagas para jovens que estejam frequentando ou concluído o ensino médio com idade de 17 a 19 anos, e que tenham renda de até um salário mínimo por integrante da família. 

Fábrica da MIZU em Baraúna
As inscrições podem ser feitas na Secretaria de Ação Social de Baraúna até esta terça-feira (11). A prova de seleção (Português, Matemática, Conhecimentos Gerais e Redação) acontece no sábado (15) na Escola Municipal Amauri Ribeiro, em Baraúna.

O curso tem duração média de 800 horas e será ministrado na unidade da MIZU em Baraúna.

A iniciativa é fruto de um convênio firmado entre a fabricante de cimentos MIZU e o Formare, projeto social desenvolvido pela Fundação Iochpe que oferece cursos de formação inicial para o mercado de trabalho.

Para José Antero dos Santos, líder regional da MIZU, a parceria propiciará o desenvolvimento pessoal e profissional dos jovens inscritos no programa e trará benefícios diretos para a economia local. "Nossa região apresenta um desenvolvimento socioeducativo muito baixo e, desde que a MIZU se instalou em Baraúna, tem atuado na melhoria da qualidade de vida do município”, explica.

O Formare é um projeto social desenvolvido pela Fundação Iochpe, em parceria com empresas de grande e médio porte, que oferece cursos de formação inicial para o mercado de trabalho a uma turma de, em média, 20 jovens de famílias de baixa renda residentes no entorno das empresas.

Os cursos são realizados em período integral dentro das empresas, por funcionários que se dispõem, como voluntários, a ministrar as aulas.

Os cursos, com duração de, no mínimo, 800 horas/aula, são desenvolvidos pela equipe pedagógica do Formare de acordo com as características de cada empresa e a realidade do mercado de trabalho local. Eles são certificados por instituição federal de ensino vinculada ao MEC -a Universidade Tecnológica Federal do Paraná, que mantém convênio com a Fundação Iochpe desde 1995.

2 comentários:

  1. simplismente adorei essa iniciativa da mizu, esse projeto formare tudo de bom.com otimo para regiao tao carente.

    ResponderExcluir