sexta-feira, 28 de junho de 2013

Vendas do comércio do RN crescem 16,8% no mês de abril

Impulsionadas pelo aumento de compras nas áreas de móveis, automóveis, combustíveis e farmácias, as vendas no comércio do Rio Grande do Norte cresceram 16,8% no mês de abril deste ano.

Evolução das vendas
Segundo os dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o volume de negócios do mês de abril elevou a média de vendas do Comércio Varejista Ampliado do RN dos primeiros quatro meses de 2013, que ficou em 10,6%.

No caso específico do Comércio Varejista – que não considera as vendas dos setores de automóveis e materiais de construção – o aumento em abril foi um pouco menor, de 11,6%, mas ainda assim surpreendente. O Rio Grande do Norte teve a segunda maior variação de vendas do Nordeste, atrás apenas da Paraíba.

De acordo com a pesquisa, o segmento de Automóveis, com variação de 6,8%, registrou o maior impacto na formação da taxa do varejo. O segundo maior impacto ficou por conta do setor de Móveis e Eletrodomésticos, com variação de 9,2%.

Com o terceiro maior impacto, a atividade de Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria, apresentou crescimento de 14,9% na comparação com abril de 2012.

O segmento de Combustíveis e lubrificantes, com 8,3% de variação respondeu este mês pela quarta maior contribuição à taxa global.

Cada segmento tem um peso diferente no número final do crescimento de vendas, que depende do seu tamanho no contexto do varejo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário