quarta-feira, 3 de julho de 2013

Copa “Garoto Bom de Bola”: Maior evento do futebol escolar da história do RN será decidido neste sábado (06)

Garoto Bom de Bola: Acari recebe Jardim do Seridó
Atualizado às 20h03 desta sexta-feira (05)

O maior evento de futebol escolar da história do Rio Grande do Norte será decidido na tarde deste sábado (06) no Estádio Nazarenão, em Goianinha, com a presença da governadora Rosalba Ciarlini.

O título da Copa “Garoto Bom de Bola” será decidido pelas seleções de Goianinha e de João Câmara. No jogo anterior, Currais Novos e São Gonçalo do Amarante decidem o 3º lugar.

A expectativa é de presença de um bom público ao Nazarenão. Já confirmadas as presenças dos prefeitos de Goianinha, Currais Novos, São Gonçalo do Amarante e João Câmara. O comparecimento também será grande de torcedores, pais, professores, e grupos organizados dos municípios envolvidos na disputa.

Evento de dimensão inédita na história do futebol escolar do Estado, a Copa “Garoto Bom de Bola” movimentou, antes de seu início oficial, milhares de crianças e jovens de 12 a 14 anos de idade em inúmeros peneirões feitos em municípios de diversas regiões do Rio Grande do Norte.

“A Copa Garoto Bom de Bola é um sonho nosso que se tornou realidade. É inequívoca demonstração de que o Governo do Rio Grande do Norte vem tratando com prioridade a interiorização do Esporte”, afirma o secretário estadual de Esporte e do Lazer, Joacy Bastos.

Promovida pela Secretaria do Esporte e do Lazer, em parceria inédita com o Fórum Estadual de Secretários e Gestores municipais do Esporte, a Copa “Garoto Bom de Bola” chegou a todas as partes do Rio Grande do Norte.
Copa Garoto Bom de Bola
A Copa “Garoto Bom de Bola” começou oficialmente no sábado, 13 de abril, com 45 jogos simultâneos e 90 municípios na disputa.

No total, os jogos da Copa “Garoto Bom de Bola” movimentaram 1.620 atletas e foram conduzidas por 379 árbitros.

“Os 222 jogos da Copa formaram uma simbiose todos os sábados, exatamente às 15h30, com o canto do hino nacional no início de cada partida”, lembra o secretário Joacy Bastos.
A Copa foi disputada em campos com grama, campos sem grama; campos com iluminação, campos sem iluminação; campos com arquibancada, campos sem arquibancada; campos murados, campos sem muros. 

Por sua força e abrangência, a Copa “Garoto Bom de Bola” está dando impulso inicial à carreira de vários jovens que serão ídolos do futebol local e brasileiro no futuro. A competição, em sua primeira edição, funcionou fortemente como base de estímulo para que os municípios invistam no Esporte, com ênfase no futebol, para a formação de atletas.
Movimentando o Estado, de ponta a ponta, a Copa “Garoto Bom de Bola” traz pela via do Esporte a perspectiva de valorização da Educação – só joga quem estiver matriculado e comparecendo a sala de aula, do protagonismo juvenil e da promoção social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário