segunda-feira, 29 de julho de 2013

RN em crise: Governadora manda secretários suspenderem gratificações, contratações de cargos comissionados e viagens

Governadora cobra obediência dos secretários (Ivanízio Ramos)
Para atenuar a crise financeira que se abate de forma inapelável sobre o executivo do Rio Grande do Norte, a governadora Rosalba Ciarlini mandou na noite desta segunda-feira (29) os secretários suspenderem gratificações, contratações de cargos comissionados e viagens. 

Mandou também reduzirem fortemente os gastos com diárias, com combustíveis e que sejam revisados os contratos de locação de veículos. Todas as secretarias terão obrigatoriamente que reduzirem suas frotas de veículos, com exceção da Secretaria de Segurança e Defesa Social.

O cumprimento a ordem dada sem meias palavras, segundo a nota da Governadoria, será feito e cobrado pela própria Rosalba Ciarlini. Isso para evitar que algum (a) secretário (a) recalcitrante tente burlar a decisão de quem realmente manda.

O esforço agora será para garantir recursos suficientes no caixa do Governo para bancar o pagamento dos salários dos funcionários até o final do ano. Segundo informações de analistas, o Governo necessita de mais R$ 450 milhões para garantir os salários em dia. Toda a economia é extremamente bem vinda.

O Governo do RN também tem uma outra carta na manga para fazer uso visando reduzir gastos. Não foi tratado na reunião do secretariado desta segunda-feira, mas poderá vir à tona caso as medidas de hoje não surtam os efeitos desejados. É a redução do número de cargos comissionados, que por si só já teria impacto satisfatório no corte de gastos. A redução seria maior ainda já que incidiria sobre toda a infraestrutura utilizada por esses detentores de cargos comissionados, como celulares, telefones, internet, veículos, birôs, e um conjunto variado de gastos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário