quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Professores debatem deflagração de greve geral na rede estadual do RN

Por Tadeu Oliveira

Nesta segunda-feira (12) professores da rede estadual de ensino voltam a debater proposta de greve geral da categoria. Às 8h30, na Escola Estadual Winston Churchill, Cidade Alta, acontece assembleia convocada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação – Sinte/RN, alegando falta de entendimento com o governo do Estado para as reivindicações da categoria.
Professores preparam greve

Na assembleia, lideranças dos educadores vão apresentar uma pauta reivindicatória com nove pontos, como pagamento de hora de trabalho excedente aos profissionais, gratificações dos diretores e vices, pagamento aos novos professores contratados, pagamento das horas excedentes.

Com certeza, a polêmica sobre o retorno de servidores que estavam cedidos ao Sinte (além dos três que tem por direito) também vai aparecer em debate.

Acompanho o movimento dos professores desde começo dos anos 80, quando era orientado pela extinta “APRN”. Na época aconteceram grandes manifestações pelo centro de Natal, greves e mais greves, principalmente nos governos de José Agripino e Geraldo Melo. 

Em quase 35 anos de reportagem nunca vi tão ser tão fácil evitar paralisação de aulas das escolas estaduais, como agora.

Hoje, no atual momento político, o melhor caminho para melhora a Educação é o entendimento entre o governo e os representantes da categoria, patrão e empregados.

Para isso, é preciso que a vaidade pessoal e a arrogância fiquem de fora da sala de negociação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário