segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Seca no Sertão: Governo do RN convoca prefeitos para renovação de contratos da Operação Carro-Pipa

O triste passado... e o triste presente. Nada mudou
A situação permanece a mesma dos tempos passados no Sertão do Rio Grande do Norte. Pelo visto, nada avançou. Talvez a vaidade de alguma liderança política mais inescrupulosa.

Por decreto, o Governo do RN estabelece novamente Estado de Emergência nos municípios afetados pela seca prolongada. São 160 municípios afirmando estarem em difícil situação devido a estiagem. São 28 municípios que realmente necessitam serem atendidos pelos famosos carros-pipa.

Carro-pipa para o leitor mais distante, que vive no primeiro mundo ou na parte desenvolvida do Brasil, é caminhão com tanque que transporta água. No sertão do Rio Grande do Norte também é sinônimo de carroça puxada por burro com um tonel em cima.

Para desenvolver um trabalho coordenado de carros-pipa levando água para os municípios mais afetados pela estiagem, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil da Secretaria da Justiça e da Cidadania do RN está convocando os prefeitos para nova adesão ao programa.

A renovação dos contratos dos carros-pipa deverá ser feita no período de 1º a 11 de outubro, na sede da Secretaria de Justiça e Cidadania, no Centro Administrativo do Governo do RN, em Natal.

Os prefeitos serão atendidos pelo setor de convênios da Secretaria de Justiça e Cidadania, e devem apresentar seus documentos particulares (CPF, carteira de identidade e comprovante de residência), além do cadastro de pontos de captação com um laudo de potabilidade da água de cada local e uma planilha digital com o cronograma diário de entrega da água.

Os pipeiros, por sua vez, devem procurar, no mesmo período, o setor de Comissão Permanente de Licitações da Secretaria de Justiça, portando certidões trabalhistas negativas e o documento do veículo em dia.

Um comentário:

  1. A seca nunca vai acabar, é inerente a região nordeste, ao seu clima. Porém os líderes políticos sabem sempre fazer bom uso dessa máquina para a corrupção e reeleição. O povo, este é a prole citada por George Orwell.

    ResponderExcluir