quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Governo do RN destina R$ 2,5 milhões para obras no Perímetro Irrigado de Cruzeta

R$ 2,5 milhões é o montante de recursos que está sendo destinado pelo Governo do RN para obras de recuperação do Perímetro Irrigado de Cruzeta, na região Seridó.

O projeto está sendo conduzido pela Secretaria do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do RN. O dinheiro vem do empréstimo feito pelo Governo do Estado junto ao Banco Mundial.

As obras, segundo informações do Governo do RN, beneficiarão diretamente a 23 trabalhadores rurais da localidade e indiretamente a 41 famílias.

Secretário de Recursos Hídricos,  Leonardo Rêgo, observa  Perímetro 
Segundo o consultor do Programa do Semiárido Potiguar, Carlos Nobre, o objetivo do projeto é a auto-sustentação do sistema de irrigação. "Para isso estão sendo implementadas características mais modernas que permitam a utilização mais eficiente e racional da água", informou.

A principal mudança do novo projeto acontece no método de irrigação utilizado. O método existente até agora utiliza a infiltração  por sulco. Neste método a água é distribuída na área irrigada através de canais que banham toda área a ser cultivada. 

O novo sistema é irrigação localizada, onde a água é distribuída somente na zona das raízes das plantas cultivadas, evitando assim o seu desperdício.

O Canal principal do Perímetro Irrigado de Cruzeta tem 9 km de extensão. Nele, os produtores cultivam principalmente: tomate, feijão, macaxeira, milho, melancia, melão e pimentão. 

Entre as culturas perenes estão o plantio de mamão, goiaba, banana, acerola e manga. Paralelo à atividade agrícola, a maioria dos agricultores têm atividade de pecuária em pequena escala, como forma de aumentar a receita familiar.

O Perímetro Irrigado de Cruzeta foi implantado pelo Departamento Nacional de Obras contra a Seca (DNOCS) em 1978 e tem uma área irrigável de 124 hectares dividida em lotes de 5,43 hectares. A sua fonte de água é o Açude Cruzeta, localizado no município de Cruzeta.

Perímetro Irrigado é uma área coletiva onde os trabalhadores desenvolvem atividades de irrigação para produção agrícola. Em geral a água usada para a atividade advém de uma fonte específica, seja um rio, açude ou um poço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário