terça-feira, 22 de outubro de 2013

Justiça bloqueia mais de R$ 7 milhões do Governo do RN para pagar dívida do Hospital da Mulher

O juiz Airton Pinheiro, da 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal, determinou o bloqueio da conta do Governo do RN e o repasse imediato de R$ 7 milhões e 100 mil reais para o Hospital da Mulher "Parteira Maria Correia", de Mossoró.

Hospital da Mulher, de Mossoró
O dinheiro é para pagar débito no mesmo valor que o Governo do RN tem com empresa contratada para prestar diversos serviços no Hospital da Mulher, em Mossoró. O débito corresponde aos meses de julho, agosto, setembro e outubro deste ano.

O Estado foi intimado para prestar esclarecimentos, mas limitou-se a informar o pagamento dos valores referentes apenas ao mês de julho e pediu novo prazo para pagamento dos outros meses. 

A administração do Hospital da Mulher, que se encontra sob intervenção judicial, tem o prazo de cinco dias para apresentar a prestação de contas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário