quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Justiça manda Prefeitura de Natal pagar pequena indenização a estudante que sofreu lesão em escola municipal

Ex-aluno da rede municipal de Natal que sofreu uma lesão por ser atingido na cabeça por um portão de dois metros de altura quando se encontrava na quadra de esporte da Escola Municipal Vera Lúcia de Souza, precisou de 05 anos para finalmente ser indenizado.

Vítima receberá indenização pífia
A pequena indenização de R$ 3 mil foi determinada pelo juiz Airton Pinheiro, da 5ª Vara da Fazenda Pública de Natal, por dano moral, nem de longe repara os possíveis danos causados por uma pancada de portão na cabeça, ocorrida no ano de 2008. A decisão foi divulgada pelo Tribunal de Justiça do RN na quarta-feira (23).

De acordo com o processo, além das consequências físicas, o evento causou também danos psicológicos, que resultaram na necessidade da transferência do aluno para uma escola particular, apesar da pouca renda da família.

Vale dizer mais uma vez: a indenização definida pelo juiz é pífia e a questão não é apenas de danos morais, o estudante sofreu uma lesão física com reflexos psicológicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário