sexta-feira, 11 de outubro de 2013

RN: Justiça condena Rosalba Ciarlini a 08 anos de inelegibilidade

Rosalba Ciarlini fala no IFRN Ceará-Mirim
A contenda que se arrasta em torno do poder municipal de Mossoró está tendo desdobramentos de abrangência estadual.

Decisão da Justiça publicada nesta sexta-feira (11) condena a governadora Rosalba Ciarlini a 08 anos de inelegibilidade a partir de 2012.

Rosalba Ciarlini foi condenada por abuso do poder político durante a campanha para a Prefeitura de Mossoró em 2012.

A decisão tomada pelo juiz José Herval Sampaio Júnior, da 33ª Zona Eleitoral, se refere a processo que tem como tema central a implantação de um poço em área pobre e periférica de Mossoró durante a campanha eleitoral.

Pelo processo, o esforço para viabilizar o poço tinha como objetivo influenciar a população de forma positiva sobre a participação efetiva da candidata a prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, apoiada pela governadora.

Para o juiz Herval Sampaio ficou caracterizado o abuso do poder político, mesmo sem a comprovação da participação da governadora no fato.

"Em havendo comprovação de ilicitude nessa ação pela governadora, mesmo sem a comprovação de sua participação direta, contudo a ordem de feitura de um poço em uma comunidade extremamente pobre, justamente no período eleitoral, sem qualquer comprovação documental de que a política pública nessa linha já tinha cronograma específico e que a situação seria de urgência, denota no nosso sentir, o abuso de poder político", disse o juiz.

Herval Sampaio afirmou ainda que  o poço sequer chegou a ser finalizado e foi "tampado".

Nenhum comentário:

Postar um comentário