quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Rosalba Ciarlini tem direitos políticos cassados por 08 anos e não cabe recurso

A decisão do Justiça Eleitoral tomada na tarde da terça-feira (10), em Natal, afastando imediatamente a médica Rosalba Ciarlini do cargo de governadora, foi acompanhada de outra com igual efeito de contundência.

Rosalba Ciarlini: inelegível
O Tribunal Regional Eleitoral decidiu suspender os direitos políticos de Rosalba Ciarlini, por improbidade administrativa, por 08 anos.

Com essa decisão, Rosalba Ciarlini fica inelegível e não poderá ser candidata a reeleição.

Como teve recurso negado nesse caso, por perda de prazo, Rosalba Ciarlini mesmo que consiga retornar ao governo, não será candidata em 2014 a nenhum cargo.

A médica Rosalba Ciarlini foi envolvida no processo que cassou a prefeita de Mossoró, hoje ex-prefeita pela força da Lei, Cláudia Regina.

No processo consta que Rosalba Ciarlini fez 17 viagens Natal/Mossoró, no avião oficial do Estado do Rio Grande do Norte, no período de campanha de sua candidata Cláudia Regina a prefeitura de Mossoró.

Concluindo que se tratava de improbidade administrativa e abuso de poder, os membros do Tribunal Regional Eleitoral decidiram, por um placar de 5 X 1, afastar imediatamente Rosalba Ciarlini do cargo de governadora.

Decidiram também, devido a recurso negado por perda de prazo, cassar seus direitos políticos por 08 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário