sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Educação do RN: Sindicato dos professores pode entrar com ação de improbidade administrativa contra o governo

O Sindicato dos Trabalhadores na Educação do RN (Sinte-RN) diz que greve está com adesão de 85% dos professores em todo o Estado.

O cabo de guerra, mais uma vez efetivado, conduz inevitavelmente ao desgaste do Governo do RN.

Fátima Cardoso
O anúncio de corte de ponto de professores que aderirem a greve, feito pela Secretaria Estadual de Educação, tem o viés da intimidação, e costuma dar resultados no Rio Grande do Norte.

Por outro lado tem o viés do forte desgaste para o Executivo, liderado pela governadora Rosalba Ciarlini. Nunca é bom guerrear contra uma categoria, muito menos com os professores.

A coordenadora do Sinte/RN, Fátima Cardoso, diz que a categoria irá se posicionar com uma ação de improbidade administrativa contra o governo, no caso do corte de ponto e desconto na folha de fevereiro se confirmar.

O Sinte/RN se baseia em decisões anteriores do Supremo Tribunal Federal (STF) de que o Salário deve ser visto como verba alimentícia e que não pode sofrer corte por motivo de greve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário