segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Patu prepara projeto para ser referência no turismo do RN

A cidade vê a Serra do Lima
Matéria publicada na edição de janeiro da Revista Foco
Por Isaias Oliveira

Patu quer ser a grande referência do interior do Rio Grande do Norte em matéria de Turismo. 

Localizada no Médio Oeste do Estado, distante 320 quilômetros de Natal, Patu tem fortes atrativos turísticos e está partindo para montar uma infra-estrutura que garanta a exploração de suas potencialidades.

Patu é forte no turismo religioso, atividade que se estende pelo ano inteiro. O Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, na Serra do Lima, atrai fiéis e romeiros o tempo todo. Nas grandes romarias, que acontecem nos meses de janeiro e novembro, Patu recebe milhares de fiéis.

Rivelino Câmara fala no alto da Serra
O Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, encravado na Serra do Lima, é considerado um dos mais importantes templos religiosos do Nordeste e do Brasil.

A imponente Serra do Lima, marca registrada da beleza da terra de Patu, é considerada um dos principais lugares do mundo para a prática de voo livre de longa distância, tanto de Parapente como de Asa Delta.

Para a rampa da Serra do Lima convergem atletas, aventureiros e pilotos de várias partes do Brasil e das mais diferentes nacionalidades atrás de quebrar recordes de permanência no ar e de distância.

Serra do Lima é referência internacional em voo livre
O alto da Serra oferece uma visão de cidades do Rio Grande do Norte e da Paraíba. A Serra do Lima tem cerca de 700 metros de altitude. A trilha que leva a essa altitude começa no Santuário do Lima e tem um total de 5 quilômetros.

Patu é também forte no turismo voltado para a exploração cultural e histórica.

Em Patu, o visitante pode chegar até o Cruzeiro de São Sebastião, conhecer a Casa de Pedra do Cangaceiro Jesuino Brilhante, ir ao Pico Pelado, chegar até o Museu Rural que funciona em casa de pedra feita pelos escravos na Comunidade Escondido, e ir ver as Escrituras Rupestres na Comunidade Quilombolas do Jatobá.

Capela do Santuário do Lima
É um elenco de atrações turísticas para ninguém botar defeito. Elenco que conta ainda com as múltiplas trilhas existentes na grande Serra de Patu.

O enorme potencial turístico caminha para ganhar uma amplitude ainda maior.

A administração municipal de Patu está viabilizando a construção de uma grande infra-estrutura na Serra do Lima com a urbanização dos acessos, construção de uma das mais modernas rampas do mundo, construção de estacionamentos e mirante.

A rampa onde acontecem os saltos, na parte leste da Serra, tem acesso precário feito por estrada de terra.

Projeto de urbanização da rampa
Isso deverá mudar dentro de curto espaço de tempo, espera a prefeitura e o povo de Patu.

“A administração da prefeita Evilásia Gildênia tem um projeto bem definido, que irá transformar Patu no grande pólo turístico do interior”, afirma o secretário municipal de Administração e Finanças, Rivelino Câmara.

O projeto de urbanização da Serra do Lima já conta com o compromisso do presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Eduardo Alves, que trabalha junto ao governo federal a liberação dos recursos.

“Vamos a Brasília e com o apoio de nossa bancada buscaremos no Ministério do Turismo viabilizar a efetivação dessa importante obra”, diz Rivelino.

Urbanizar os acessos e a própria Serra de Patu irá alavancar o turismo do município e região. É na Serra onde acontecem as principais atividades do turismo do município, tanto no âmbito religioso, quanto no campo do esporte de aventura.

Prefeita Evilásia e Rivelino Câmara
Turismo fortalecido em Patu, bom para toda a região. O município tem posição geográfica privilegiada e é central no grande Sertão que se estende pelo Rio Grande do Norte e pela Paraíba.

O município faz divisa com o estado da Paraíba e é rodeado de pequenas cidades. Por oferecer diversos serviços de natureza pública, Patu já é referência na região em áreas como a bancária, por exemplo. Diariamente, o município já recebe bom fluxo de pessoas de outras cidades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário