terça-feira, 25 de março de 2014

Ufersa vence o Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável

Os premiados da Ufersa
Com o projeto "Criação de Tilápias com Água de Reuso após tratamento por Osmose Reversa", a Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) foi a grande vencedora do Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável.

O projeto tem a orientação do professor Nildo da Silva Dias, e conta com a participação dos estudantes Jair José Rabelo de Freitas e Marlon Luan da Costa Ferreira, do curso de Agronomia.

A cerimônia de premiação aconteceu no auditório do Maracanã, Rio de Janeiro, na noite da quarta-feira (19). 

Na final, o projeto competiu com trabalhos desenvolvidos nas universidades de São Bernardo do Campo (SP), Salvador (BA), Foz do Iguaçu (PR) e Rio de Janeiro (RJ).

Cada trabalho recebeu R$ 60 mil reais – sendo que o estudante, ou grupo, o orientador e a universidade ganham R$ 20 mil reais cada. Os estudantes autores dos trabalhos classificados serão convidados a participar de processos seletivos para oportunidades nas empresas da Organização Odebrecht.

Nenhum comentário:

Postar um comentário