sábado, 5 de julho de 2014

RN: Telemedicina da Secretaria de Saúde faz 26 mil exames no primeiro semestre

O programa de Telemedicina da Secretaria de Saúde do RN realizou 26 mil exames nos primeiros seis meses do ano. O programa tem quatro anos de implantado e está presente nas oito regionais de Saúde do Rio Grande do Norte.

Funcionando 24 horas em todos os dias da semana, o programa de Telemedicina alcançou no primeiro semestre a marca dos 26.017 exames, com 43.453 diagnósticos em cardiologia, em 197 pontos assistenciais de saúde.

Como não é possível ter um cardiologista em cada município do estado, e o eletrocardiograma, geralmente, precisa de um cardiologista para ser interpretado, o Programa de Telemedicina atua como suporte para cobrir locais sem a presença desse profissional, atendendo aos pacientes que buscam as unidades de saúde com queixa de dor no peito e também aos pacientes que necessitam do risco cirúrgico cardiológico para a realização de um procedimento cirúrgico eletivo.

Os exames da área de tele-eletrocardiologia são realizados nas unidades básicas de Saúde, pronto-atendimentos e hospitais, e transmitidos através de telefonia ou via internet para Central de Laudagem que interpreta o traçado do eletrocardiograma e devolve em até 15 minutos o laudo médico e orientações, através da segunda opinião médica especializada, para o profissional solicitante.

Cada unidade que executa os exames gera seu boletim ambulatorial e informa ao Sistema Datasus, do Ministério da Saúde, sua estatística de realização dos tele- eletrocardiogramas. “Possuímos um banco de dados altamente rico para os trabalhos de epidemiologia e estudos por município, por regiões e estado, contendo 457.893 diagnósticos”, disse Carlos Eduardo Costa, coordenador do programa de Telemedicina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário