quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Ufersa: Projeto arquitetônico para o curso de Medicina está concluído

Ufersa prepara dois centros de saúde para Medicina
O curso de medicina na Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) que será implantado nos campus de Mossoró e de Assú começa a sair do papel.

O projeto arquitetônico e paisagístico do Centro de Saúde, assinado pelos profissionais da Superintendência de Infraestrutura  da Ufersa foi entregue esta semana à empresa responsável pela elaboração do projeto executivo. Agora a expectativa é pela definição do orçamento geral da construção do prédio e os detalhes estruturantes.

Somente para o projeto preliminar, o investimento foi superior a R$ 216 mil. O Centro de Saúde da Ufersa terá uma estrutura moderna, verticalizada e com capacidade para também receber outros cursos da área da saúde, já no primeiro momento. 

O engenheiro João Marcelo, da Superintendência de Infraestrutura, disse que os técnicos da Ufersa visitaram outros Centros de Saúde em instituições de realidade semelhante. “A Ufersa está entregando à comunidade um Centro moderno e que atende as nossas características”, afirmou João Marcelo.

A previsão é que a empresa responsável pela elaboração do projeto executivo conclua os trabalhos até o início de outubro. Com posse do projeto, a Ufersa dará abertura ao processo de licitação para construção da obra. A perspectiva do Planejamento é que o canteiro de obra já entre em atividade até o início de 2015.

“A chegada de Medicina na Ufersa amplia nossa perspectiva de Universidade à medida que implantamos um curso com rigor de excelência primando por uma expansão não apenas quantitativa, mas sobretudo com qualidade de ensino e pesquisa”, disse o reitor José Arimatea de Matos.

A Ufersa também está tratando do planejamento para a definição do quadro de contratação dos docentes e técnicos-administrativos que irão iniciar as atividades com a chegada do curso e do processo de aquisição do material laboratorial e didático.

A previsão é que um concurso público seja lançado já no início de 2015. Para o quadro de docentes, a seleção deve começar até o final deste segundo semestre para efetivação de 10 professores. Os médicos-professores recém efetivados irão compor o núcleo estruturante do curso e, já em 2015, passarão por uma maratona de treinamento junto ao Ministério da Educação.

Paralelo a isso, a previsão é de contratação de mais 20 professores ao longo do próximo ano, de modo que a base inicial das aulas do curso de Medicina da Ufersa seja sustenta por uma média de 60 professores, já iniciando com 30.

O curso de Medicina da Ufersa será implantado no Campus Central, em Mossoró e na nova unidade em Assú. A primeira turma deverá ingressar em 2016 com 30 alunos e no ano seguinte mais 30 vagas serão ofertadas, igualmente nas duas cidades.

Serão investidos R$ 20 milhões de reais, de acordo com previsão orçamentária, para a construção de cada um dos dois centros de Medicina, e mais R$ 2 milhões na aquisição de livros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário