quarta-feira, 8 de outubro de 2014

UFRN: Diretor do Instituto do Cérebro faz palestra no Instituto de Tecnologia de Massachusetts

O neurocientista Sidarta Ribeiro, diretor do Instituto do Cérebro  da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), faz palestra no Instituto de Tecnologia de Massachusetts (ITM), Estados Unidos.

Sidarta Ribeiro
A palestra “From Songs to Symbols, from Calls to Speech Graphs” foi ministrada na manhã da segunda-feira (6) no McGovern Institute for Brain Research do ITM, centro americano referência mundial em pesquisa de tecnologia.

Sidarta Ribeiro falou da complexidade da comunicação humana relacionada à evidência de que a linguagem representa um salto evolutivo. Em sua fala analisou características de humanos, primatas e aves canoras, utilizando a “Teoria dos Grafos” para mostrar que a linguagem humana compartilha muitas características com outros sistemas de comunicação animal, mas se distingue pela capacidade de compor símbolos de forma recursiva.

O cientista também tratou das características estruturais do discurso que podem ser usadas para diferenciar quantitativamente indivíduos esquizofrênicos e bipolares em fase maníaca de indivíduos não-psicóticos ou pacientes com doença de Alzheimer e pacientes com comprometimento cognitivo moderado.

Sidarta ainda mostrou os resultados de sua pesquisa como indicativo de que a análise de grafos das vocalizações é fundamental para o estudo de déficits relacionados à linguagem em seres humanos, além da possibilidade de aplicação em modelos animais.

O McGovern Institute for Brain Research é um centro de pesquisa do cérebro integrante do Instituto de Tecnologia de Massachusets, conduzido por uma equipe de neurocientistas de renome mundial, com objetivo de buscar compreender como ocorre o funcionamento cerebral e descobrir novas formas de prevenir ou tratar doenças do cérebro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário