sexta-feira, 28 de novembro de 2014

UFRN: Estudo com plantas pode ampliar produção de biodiesel

Professora Juliana Lichston
Pesquisa feita por professores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em área de Apodi, região oeste do Estado, revela que as culturas do Cártamo e da Faveleira, duas espécies de plantas adaptadas ao semiárido, têm mostrado potencial para serem matérias-primas para a produção de óleo (biodiesel).

O projeto desenvolvido visa encontrar um cultivo alternativo para a agricultura tradicional e, ao mesmo tempo, somar novas variedades de vegetais às matrizes de biocombustíveis brasileiras, com duas novidades: serem espécies apropriadas à lavra no semiárido e que não competem com a plantação de alimentos.

Juliana Espada Lichston, coordenadora do trabalho e professora do Departamento de Botânica e Zoologia da UFRN, explica que as análises avaliam, em detalhes, desde o cultivo das espécies até a capacidade das sementes em serem usadas na produção de biodiesel. As investigações levam em consideração fatores como o tempo que as plantas levam para crescer e dar frutos, as características que as tornam mais resistentes às condições extremas, os métodos ideais para armazenar as sementes e a qualidade do óleo extraído.

A pesquisa conta com financiamento do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação. Os recursos destinados ao projeto são de aproximadamente R$ 500 mil. No estudo, desenvolvido em parceria com o Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia (IFRN), o cártamo e a faveleira são cultivados em uma área de aproximadamente um hectare, distribuídos em diferentes cenários: plantadas juntas ou separadamente, com ou sem irrigação.

Os dados coletados em campo são complementados com experimentos conduzidos em laboratórios da Universidade e comparados a relatos registrados na literatura científica especializada. Os primeiros resultados aferidos são considerados promissores pelos membros da pesquisa.

Atualmente a participação do cultivo de plantas voltadas à produção de biocombustível na economia do estado “é praticamente zero”, afirma Antônio Carlos Magalhães Alves, coordenador de Agropecuária da Secretaria de Agricultura do Rio Grande do Norte. Segundo o gestor, iniciativas em anos anteriores experimentaram as culturas da mamona e do girassol, mas fracassaram por fatores técnicos e econômicos.

Apesar do cenário pouco desenvolvido, Antônio Carlos acredita que há potencial para crescimento. “A demanda por oleaginosas é grande. Tanto que, hoje, a planta da Petrobras em Guamaré compra soja de outros estados para a extração de biodiesel”, relata.

João Paulo Matos Santos Lima, colaborador do projeto e professor do Departamento de Bioquímica da UFRN, explica que são verificadas sementes em fase inicial. Observam-se genes expressos que apresentem diferenças em relação às espécies atualmente exploradas comercialmente, como a soja e o milho, que possam significar maior resistência à seca, ao solo salino e à alta temperatura.

“A ideia é compreender o metabolismo”, diz João Paulo Lima. “Em etapas posteriores, bem posteriores mesmo, poderemos identificar o potencial desses genes serem inseridos em outras plantas e partir para outra estratégia, voltada à biotecnologia, como, por exemplo, produzir uma soja com melhor rendimento e menor necessidade de água. É um caminho muito longo, mas o pontapé inicial é esse que estamos dando”, comenta.

O pesquisador também avalia a longevidade das sementes em diferentes condições de armazenamento, aquelas normalmente utilizadas por pequenos agricultores. A análise verifica as consequências do envelhecimento das sementes no vigor para germinação e na quantidade de óleo disponível.

Marta Costa, professora do Instituto de Química da UFRN, participa do estudo e relaciona as caracetrísticas do plantio do cártamo e da faveleira com as características químicas do óleo extraído a partir de suas sementes. A quantidade de óleo presente nas plantas, o tempo de vida e a qualidade do combustível produzido são examinados pela cientista, que observou, no óleo retirado do cártamo, propriedades semelhantes às de outros vegetais. “O cártamo é adequado para comercialização, assim como a soja e o girassol, já consolidados no mercado para a produção de biodiesel. Ele é competitivo, com uma grande vantagem: é uma espécie que não concorre com a produção de alimentos”, revela Marta Costa.

As análises da faveleira, por sua vez, encontram-se em fase inicial, com conclusão prevista para 2015.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Natal: Especialista francês ensina no Hospital Walfredo Gurgel técnicas para cirurgia da parede torácica

O cirurgião francês Jean-Marie Wihlm ensina técnicas para cirurgia da parede torácica no Hospital Walfredo Gurgel, em Natal, em evento que ocorre até esta sexta-feira (28). O 2º Simpósio Sobre Osteossíntese de Parede Torácica foi iniciado com discussões de casos na quarta-feira (26), e a realização de dois procedimentos cirúrgicos da parede torácica nos dois dias seguintes.

Jean-Marie Wihlm
Jean-Marie Wihlm é o chefe do Serviço de Cirurgia Torácica do Hospital Civil de Estrasburgo, na França. Há 25 anos no ramo da cirurgia torácica e atualmente atuando como consultor de importantes unidades de saúde em países como França e Alemanha, esta será a segunda vez que vem ao Walfredo Gurgel para demonstrar e ensinar suas novas técnicas através de procedimentos cirúrgicos.

Em todas as cirurgias, alunos do curso de medicina de diversas faculdades de Natal, servidores do Hospital Walfredo Gurgel e médicos cirurgiões torácicos de outras unidades de saúde, serão convidados à acompanhar, ao vivo, no auditório do hospital, a transmissão das técnicas que serão aplicadas pelo especialista francês diretamente do Centro Cirúrgico do Walfredo Gurgel.

Jean-Marie também é responsável pelo aperfeiçoamento de um dos instrumentos usados no procedimento para reconstrução da parede torácica. O item atualmente recebe o nome de Material de Osteossíntese de Estrasburgo (Stratos) e é fabricado a base de titânio.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Ufersa: Seminário discute ensino da matemática de forma interdisciplinar

A matemática sendo ensinada de forma interdisciplinar é tema de seminário promovido pela Ufersa (Universidade Federal Rural do Semi-Árido), no campus de Mossoró, na quarta-feira (3) e na quinta (4).

O 1º Seminário Interdisciplinar de Matemática acontece no auditório do Departamento de Ciências Exatas e Naturais (DCEN) e terá palestras, minicursos e mesas redondas. 

A palestra de abertura será proferida pelo professor Odirlei Jesus, da UFRN, às 8h30 da quarta (3). As inscrições estão sendo feita pelo endereço eletrônico do evento.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Currais Novos: cidade recebe unidade móvel do SESC voltada para a saúde da mulher

Equipamentos da Unidade Saúde Mulher
Unidade móvel do Sesc RN voltada para a saúde da mulher estará na cidade de Currais Novos no período de 1º de dezembro a 27 de fevereiro. A inauguração da presença da unidade em Currais Novos acontece neste sábado (29), às 17h30, O período de presença da unidade em Currais chega à oitava cidade potiguar para oferecer serviços gratuitos de saúde às mulheres. Inauguração será dia 29/11, dentro das comemorações do aniversário do município.

O Sesc RN foi o primeiro do país a implantar a Sesc Saúde Mulher. O projeto oferece gratuitamente exames preventivos como mamografia, ultrassonografia e papanicolau, além de orientações sobre a saúde feminina.

A unidade conta com uma equipe formada por enfermeira, assistente social, técnicas de enfermagem e de radiologia, artífice e médico, todos imbuídos de um objetivo: disseminar a prevenção e a educação sexual entre o público feminino. A estrutura é equipada com consultório médico, sala de mamografia (com um dos poucos mamógrafos digitais existentes no RN e proteção radiológica), banheiro e sala de atendimento. 

As consultas e os agendamentos começam a partir do dia 01/12, pela manhã e à tarde, no local onde estará estacionada a unidade. Para marcar consulta, é preciso levar a xerox (com documento original) da identidade, CPF, cartão do SUS e comprovante de residência.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Rede nacional de universidades particulares oferece bolsas integrais através de processo seletivo

A rede de universidades particulares "Cruzeiro do Sul Educacional" está oferecendo bolsas de 100% para todas as suas unidades de ensino através de processo seletivo 2015 denominado de Prova Tradicional (espécie de vestibular).

Para conquistar a bolsa integral o candidato terá que atingir mais de 75 pontos na chamada prova tradicional. As bolsas integrais serão válidas para toda a rede do grupo "Cruzeiro do Sul Educacional", composta pela Universidade Cidade de São Paulo (Unicid), Universidade Cruzeiro do Sul, Universidade de Franca (Unifran), Centro Universitário Módulo e Centro Universitário do Distrito Federal (UDF).

As inscrições para o processo seletivo 2015 custam R$ 30,00 e estão abertas até o dia 10 do próximo mês. A Prova Tradicional será realizada no dia 14 de dezembro, às 10h, simultaneamente em todas as unidades do grupo. No dia do exame, o candidato deverá apresentar o comprovante de inscrição e a cédula de identidade original.

domingo, 23 de novembro de 2014

Ufersa ganha Prêmio Santander por projeto de gestão de resíduos

A Universidade Federal Rural do Semi-Árido vence nas duas categorias em que concorria no Prêmio Santander Universidade – 2014. O troféu mais importante veio com a categoria Universidade Solidária, em reconhecimento ao trabalho de pesquisa “Avaliação de um modelo de gestão sustentável dos resíduos orgânicos para a Associação Comunitária Reciclando para Vida”. 

Vence também na categoria Empreendedorismo (Júri Popular), o projeto “Potencialização e uso sustentável dos recursos água e solos no semiárido e seus impactos na produção agrícola familiar” foi o segundo mais votado.

Professor Nildo Dias, o orientador
O projeto vencedor na categoria Universidade Solidária foi liderado pelo servidor Júnior Souto. Ele visa transformar os resíduos orgânicos coletados em adubo para hortas. “Por enquanto, as hortaliças produzidas com esse adubo são comercializadas com os próprios associados, mas a nossa intenção é ampliar”, antecipa Souto.

O projeto de Empreendedorismo é fruto do Programa de Pós-graduação em Manejo de Solo e Água e disputava com a proposta de redução dos danos sofridos na produção de agricultores em período de estiagem no Projeto de Assentamento Santa Agostinha, localizado na cidade de Caraúbas, RN. A iniciativa foi defendida em um comitê técnico pela estudante Jucirema Ferreira da Silva, em São Paulo, onde também aconteceu a cerimônia de premiação na quarta-feira, dia 05 de novembro.

Os pós-graduandos da disputa são orientados pelo professor Nildo Dias. “Nossos projetos foram bastante elogiados pelas Universidades presentes na cerimônia de premiação. Quero agradecer o empenho de todos na votação, pois tivemos ajuda de todo o Brasil, inclusive de brasileiros morando no exterior”, destaca.

A 10ª edição do Prêmio Santander Universidade recebeu inscrição de mais de 20 mil projetos de 1.067 Instituições de Ensino Superior e apenas 15 chegaram à fase final. As equipes vencedoras ganharam 1 curso de Empreendedorismo (bolsa de estudos) na Babson College, em Boston nos EUA. Além disso, receberão a Mentoria da Endeavor, organização brasileira referência no tema Empreendedorismo e um Certificado de Ouro equivalente a R$ 100 mil para a execução do projeto.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

UFRN: Pesquisa de Nutrição conclui que mais carboidratos pela manhã ajuda a melhorar concentração

A pesquisa conduzida pela estudante Helena Cristina Dantas, do curso de Nutrição da UFRN, conclui que uma maior quantidade de carboidratos consumidos no café da manhã pode aumentar a capacidade de concentração.

O estudo avaliou a influência dos nutrientes de diferentes desjejuns sobre o desempenho de universitários em Testes de Atenção Concentrada, exames que calculam a capacidade de uma pessoa em selecionar apenas uma fonte de informação, em um tempo predeterminado, diante de vários estímulos que tentam distraí-la.

Carboidratos ajudam na concentração
Os testes foram aplicados em 55 alunos, sempre às 7h , em diferentes estados de alimentação. Refeições de variadas cargas glicêmicas – quantidades de carboidratos –, compostas por alimentos que faziam parte dos hábitos dos voluntários, eram previamente pesadas e acondicionadas de forma individual.

Os resultados apontaram que, quanto maior a quantidade de carboidratos no café da manhã, melhor o desempenho obtido pelos estudantes. “A informação fornecida pelo trabalho, a meu ver, é bastante aplicável à nossa rotina”, observa Helena Cristina Dantas. “Em situações especiais, como antes de provas de concursos, o indivíduo pode consumir um desjejum de alta carga glicêmica, objetivando uma melhora nos processos de atenção concentrada durante a prova”, exemplifica.

As investigações foram desenvolvidas durante o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) da estudante de Nutrição, no final de 2013, sob orientação da professora Ana Cecília Queiroz de Medeiros, da Faculdade de Ciências da Saúde do Trairi (Facisa), unidade da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) em Santa Cruz.

Prêmio Nacional

O trabalho foi um dos destaques da 4ª edição do Prêmio Henri Nestlé, em agosto deste ano, que condecora produções científicas brasileiras nas áreas de Ciência & Tecnologia de Alimentos, de Nutrição em Saúde Pública e de Nutrição Clínica, alcançando o 3º lugar.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Natal: Aluno do Salesiano conquista 03 medalhas de ouro em copa internacional de Natação

Maximiliano e o treinador Bernardo Moraes
Maximiliano Ruperti, atleta de natação e aluno do 9º ano do Salesiano Dom Bosco, de Natal, conquistou 03 medalhas de ouro na Copa Pacífico de Natação ocorrida no mês passado no Equador.
Disputando com atletas do Brasil, Equador, Chile, Paraguai, Bolívia, Peru e Venezuela, Maximiliano conquistou as medalhas de ouro nos 50m livres, 100m livres e revezamento 4x100 metros livres. Nesta última prova, o Brasil não era campeão desde 2009.

Mas as conquistas alcançadas pela nova promessa da natação potiguar não param por aí. Maximiliano se consagrou 3º lugar nas Olimpíadas Escolares, realizadas entre os dias 4 e 9 de novembro, em João Pessoa. Com apenas 15 anos, ele foi o primeiro atleta a conquistar medalhas na categoria em que competiu, que reuniu atletas de 16 e 17 anos.

Atualmente, Maximiliano ocupa, com o melhor tempo, o 1º lugar dos 50 metros borboleta no ranking da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos. Neste mesmo ranking, ele também se destaca nos 50m livres, com o 5º melhor tempo do Brasil. Com a ajuda do treinador Bernardo Moraes, o atleta está se preparando para a próxima competição: o Campeonato Brasileiro Juvenil de Natação, que acontecerá em Santos-SP entre os dias 26 e 29 de novembro.

UFRN: Grupo de Pesquisa Ensino e Linguagem promove palestras sobre os escritores Monteiro Lobato e Júlia Lopes de Almeida

Os escritores Monteiro Lobato e Júlia Lopes de Almeida são tema de evento promovido pelo grupo de Pesquisa Ensino e Linguagem do Centro de Educação da UFRN nesta quinta-feira (20), a partir das 15h,. O evento acontece no auditório da Biblioteca Zila Mamede, no campus central da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Natal.

O evento denominado "Educação, Literatura e temas contemporâneos" tem a palestra da professora Maria Teresa Gonçalves Pereira, da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, falando sobre o tema "Monteiro Lobato: hoje", e da professora Zahidé Lupinacci Muzart, da Universidade Federal de Santa Catarina, abordando o tema "Júlia Lopes de Almeida: pesquisa e história".

Júlia Lopes de Almeida
Júlia Lopes de Almeida é tema do evento na ilustre companhia do famoso nome da Literatura Brasileira, Monteiro Lobato, na condição de ter sido uma das primeiras escritoras do país na virada do século XIX para o século XX. 

O evento tem a coordenação da professora Marly Amarilha, do grupo de pesquisa Ensino e Linguagem da UFRN. A carga horária é de 2h para os estudantes da UFRN e as inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do e-mail baseliteratura@yahoo.com.br ou no local do evento.

A professora Zahide Lupinacci Muzart tem graduação em Letras Neolatinas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1961), Graduação em Música pela Escola de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, doutorado em Letras pela Faculté des Lettres et Sciences Humaines, Université de Toulouse-Le Mirail (1970), pós-doutorado na Ecole des Hautes Etudes en Sciences Sociales, Paris (1983-1984). É titular em Literatura Brasileira da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira (História das escritoras no século XIX, Literatura e Mulher, feminismo e literatura, Simbolismo em Santa Catarina, Cruz e Sousa).

A professora Maria Teresa Gonçalves Pereira tem doutorado em Letras Vernáculas pela UFRJ, em 1990; Pós- Doutorado em Leitura pela PUCRS, em 2008. É professora titular de Língua Portuguesa da UERJ, com bolsa de produtividade da FAPERJ. Recebeu o prêmio de melhor livro teórico de 2005 pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Desenvolve pesquisa para aelaboração de um programa de Língua Portuguesa para a Educação de Jovens e Adultos (EJA). Sua produção científica focaliza: Língua Portuguesa, Linguagem, Leitura, Gêneros Textuais, Estilística, Expressividade e Ensino.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

RN tem melhor desempenho da história nos Jogos Escolares Brasileiros com 27 medalhas conquistadas em 2014

RN brilha no Salto em Distância
O Rio Grande do Norte alcança desempenho histórico e recordista na edição nacional dos Jogos Escolares da Juventude (Jogos Escolares Brasileiros) de 2014 com a conquista de 27 medalhas. Foram 13 medalhas na categoria de 12 a 14 anos, realizada no período de 4 a 13 de setembro na cidade de Londrina, PR, e 14 medalhas na categoria de 15 a 17 anos, que ocorreu entre 6 e 15 deste mês na cidade de João Pessoa, PB.

Os Jogos Escolares da Juventude, categoria de 15 a 17 anos, são considerados pelo próprio COB (Comitê Olímpico Brasileiro) com o maior evento do desporto escolar do Brasil. Na edição de 2014 alcançou a marca de mais de 4.000 jovens atletas na disputa de medalhas em 13 diferentes modalidades esportivas, nos naipes masculino e feminino. E foi dentro dessa competição de grande disputa e alto nível técnico que o Rio Grande do Norte fez bonito.

O atleta potiguar Lucas Basílio, 17 anos, conquistou a medalha de ouro no Salto em Distância batendo o recorde brasileiro nos Jogos Escolares com a marca de 7,44 metros. Esse resultado coloca Lucas Basílio, aluno/atleta do Colégio Marista Champagnat de Natal, entre os cinco melhores do mundo em sua faixa etária.

A atleta Larissa Maria Oliveira, 15 anos, conquistou a medalha de prata na Luta Olímpica feminina, categoria menos de 70 quilos. "Achei muito legal a experiência. Tudo estava muito organizado pela Secretaria de Esporte do nosso Estado. Isso nos deu segurança e ajudou no desempenho dos atletas", afirmou Larissa Maria, aluna do Êxito Colégio e Curso, de Natal.

O técnico vitorioso da Luta Olímpica feminino do RN, Fernando Antônio da Silva Ramos, destaca a competitividade do evento e a presença da Secretaria do Esporte do RN. "A competição foi de alto nível, mas devido o esforço da Secretaria do Esporte do Estado que tem contribuído com a Luta Olímpica e levado a modalidade para o interior através do programa RN Podium, somos hoje a segunda potência da Luta Olímpica no Esporte Escolar brasileiro.

Cibele Florêncio, 17 anos, atleta/aluna da Escola Estadual Alfredo Mesquita, obteve a medalha de bronze no Xadrez feminino, no Torneio Rápido (Blitz). Cibele fala do evento e da forma como a delegação do RN foi organizada: "A oportunidade de participar dos jogos nacionais é muito importante. A Secretaria do Esporte do Estado organizou tudo para nós atletas tivessem o conforto e a tranquilidade para competir”.

O técnico de Xadrez feminino, Diogo Rogério de Souza Simão, também ressalta a importância dos jogos: é uma experiência incrível. “Tivemos também um acompanhamento de todos os momentos por parte do pessoal da Secretaria do Esporte do Estado”.

O titular da pasta do Esporte e do Lazer do RN, Joacy Bastos, vê o desempenho histórico do Esporte Escolar do Estado como uma consequência do esforço empreendido por técnicos e escolas, tanto na capital Natal, como no interior, e do planejamento estratégico empreendido pela SEEL (Secretaria de Estado do Esporte e do Lazer) nos últimos quatro anos, focado na democratização do Esporte.

O secretário Joacy Bastos destaca o Programa RN Podium que vem sendo executado em algumas modalidades individuais como Luta Olímpica e Atletismo desde 2013, e nas modalidades coletivas de Handebol, Basquete e Futsal a partir deste ano de 2014. “Os frutos estão sendo colhidos com as conquistas de resultados expressivos e medalhas em diferentes modalidades disputadas nos Jogos Escolares da Juventude, tanto na categoria de 12 a 14 realizados em Londrina/PR em setembro passado, quanto na categoria de 15 a 17 anos em João Pessoa”, ressaltou Joacy Bastos.

Os Jogos Escolares da Juventude são promovidos pelo Comitê Olímpico Brasileiro com o devido controle e avaliação nas participações em nível nacional.

domingo, 16 de novembro de 2014

Professor Francisco das Chagas Fernandes é o mais cotado para assumir Secretaria da Educação do RN

Francisco das Chagas Fernandes
Jornalistas e blogs que acompanham de perto as discussões e entendimentos envolvendo a equipe de transição e as pessoas mais próximas do governador eleito Robinson Faria apontam o professor Francisco das Chagas Fernandes como o próximo secretário de Educação do Rio Grande do Norte a partir de janeiro de 2015.

Francisco das Chagas está em Brasília assumindo o cargo de secretário executivo adjunto do Ministério da Educação. Tem também experiência na militância sindical, já foi diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Educação do RN e da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação.

Como professor da rede estadual de Educação tem noção do desalinhamento existente entre o órgão central (secretaria estadual de educação) e as unidades onde a prática do ensino/aprendizagem realmente acontece (as escolas). Essa noção pode trazer melhorias para uma Educação estadual que se encontra no fundo do poço, na condição de vice-lanterna nacional do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Natal está sediando Copa do Brasil de Futsal para Surdos

A cidade de Natal sedia a Copa do Brasil de Futsal para Surdos neste final de semana. Os jogos são abertos nesta sexta-feira (14), em cerimônia no ginásio do SESI, em Lagoa Nova, e prosseguem até domingo (16), nas categorias masculino e feminino.

As competição acontecem nos ginásios do Nélio Dias, IFRN, UFRN e SESI, e movimentam cerca de 300 atletas de 22 diferentes delegações de várias partes do Brasil. O Rio Grande do Norte está sendo representado por dois times de Natal (masculino e feminino) e um de Mossoró (masculino).

O torneio é realizado pela Confederação Brasileira de Desportos de Surdos (CBDS) e Associação de Surdos de Natal, com o apoio da Secretaria de Esporte e de Lazer de Natal.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

RN: Bombeiros registram aumento em ocorrências com abelhas

O Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte registrou 850 atendimentos de captura de abelhas de janeiro a agosto de 2014 em Natal e região metropolitana. Isso representa 6% a mais do que o ocorrido no mesmo período do ano passado quando foram registrados 799 casos. 

De acordo com dados da Central de Gerenciamento de Emergência e Defesa Civil do Corpo de Bombeiros, durante o período de reprodução das abelhas – setembro a fevereiro - aumenta em três vezes o perigo de ataques por causa da defesa em relação a presença externa de homens e animais. Por ano, a Corporação chega a contabilizar cerca de 1.500 atendimentos na Grande Natal.
Aumentam ocorrências com abelhas

"Nesse período do ano os índices devem subir ainda mais. Atualmente, recebemos uma média de 15 chamadas diárias para atendimento a enxames na região metropolitana", detalha o Coronel Elizeu Lisboa Dantas, comandante geral do Corpo de Bombeiros.

Para tentar minimizar os efeitos negativos dos ataques, o Corpo de Bombeiros possui uma guarnição exclusiva do Serviço de Defesa Ambiental para este tipo de atendimento.

“O Corpo de Bombeiros está priorizando os casos de emergência e atendendo os casos mais simples por agendamento por meio do telefone 193. Estamos intensificando as ações contra os ataques de abelhas dentro de residências, escolas, hospitais e em estabelecimentos comerciais, mas pedimos que os potiguares não tentem exterminar os enxames porque é perigoso", orienta o coronel.

Para evitar problemas, o Corpo de Bombeiros Militar recomenda os seguintes
cuidados: Uso de roupas claras, pois as escuras atraem abelhas; Evitar movimentos bruscos e excessivos quando nas proximidades de colmeias; Evita operar qualquer máquina barulhenta próximo a colmeias; examinar a área de trabalho antes de usar equipamentos motorizados; Ensinar as crianças a se precaverem e não molestarem as abelhas; Perguntar ao seu médico sobre o que fazer caso a pessoa seja alérgica a picadas; correr em zigue-zague no caso de ficar diante de um enxame de abelhas, pois elas se deslocam juntas em linha reta; se for atacado, proteger das picadas o pescoço e o rosto, com a ajuda de uma camisa ou outra vestimenta.

Os Bombeiros também orientam que pessoas alérgicas a picada de insetos devem evitar caminhadas em áreas de mata, pois para quem é sensível ao veneno da abelha, apenas uma picada pode ser suficiente para gerar um choque anafilático.

Caso perceba a formação de um enxame, a população pode chamar o Corpo de Bombeiros (pelo telefone 193), que acionará os militares para fazer a captura das abelhas.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Natal: Fecomércio sedia Seminário de Cooperação e Negócios entre RN e Alemanha

Abertura do Seminário de Cooperação com a Alemanha
A sede da Fecomércio RN, em Natal, recebeu na última semana o Seminário da Agência de Cooperação e Interação de Negócios da Renânia Palatinado 3.11, da abertura do Seminário da Agência de Cooperação e Intercâmbio de Negócios da Renânia Palatinado (GIZ). O evento teve início na segunda (3) e prosseguiu até quinta-feira (6).

Participaram do evento o representante para Negócios Estrangeiros do Ministério da Economia da Alemanha, Jürgen Weiler, o cônsul da Alemanha no RN, Axel Geppert, o presidente do sistema Fecomércio no RN, Marcelo Queiroz, e um grupo de 20 alunos brasileiros de diversos estados, que realizaram intercâmbio de conhecimentos com a Alemanha nos últimos anos. 

. "Sediar este seminário é mais uma prova do quão fortalecida vem sendo esta parceria que mantemos com alguns estados alemães. Uma parceria na qual ganha todos nós. Afinal, estamos apostando em troca de experiências, tecnologias e conhecimento", ressalta o presidente Marcelo Queiroz.

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Caicó: Unidade da UFRN estuda as peculiaridades dos cemitérios do Seridó

Professor Lourival Andrade
O professor de História do Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), unidade pertencente a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Lourival Andrade Júnior, está liderando estudo sobre os "Cemitérios do Seridó", com a pretensão de reconhecer a memória das cidades da região.

“Este é o meu parque de diversões”, diz o professor Lourival Andrade, enquanto circula com familiaridade entre os túmulos do Cemitério São Vicente de Paula, em Caicó. O estudo trata das características encontradas nos cemitérios, incluindo aspectos artísticos dos jazigos e histórias familiares das pessoas enterradas. “Fazemos uma análise social, uma leitura. Procuramos a sensibilidade do lugar. Este espaço é um documento vivo. Aqui eu me sinto bem. Não digo religiosamente, mas do ponto de vista da pesquisa. Me sinto melhor aqui do que em um arquivo, com aquele cheiro que me dá até rinite”, afirma o professor.

Lourival acredita que as sepulturas eternizam as pessoas, preservam memórias que uma pesquisa não encontraria em fontes consideradas convencionais pelos historiadores, como os processos criminais ou os atestados de óbito. O professor já esteve em todos os cemitérios da região, composta por 23 municípios, e guarda um banco de dados com mais de 6 mil fotos de tumbas. O que mais lhe chama atenção, é que, em todos os locais visitados, é possível perceber claramente as diferenças sociais.

“O Seridó demarca muito bem o espaço social de poder dentro do cemitério. Quem manda e quem não manda, tudo está aqui. As famílias mais poderosas têm túmulos mais suntuosos, as menos abastadas têm covas rasas, simples, mais baratas”, analisa.

Lourival acredita que o cemitério é a representação da cidade: dos seus poderes, da sua cultura, da sua sociedade e da sua economia.

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Biblioteca itinerante do SESC está em Assú

Alunos aproveitam presença da Bibliosesc
A unidade móvel da BiblioSesc permanecerá no município de Assú por 02 meses. Está instalada desde a terça-feira (3) na Praça Jota Keully, inteiramente aberta a comunidade, e oferecendo gratuitamente empréstimo e consulta do seu acervo com mais de 3 mil publicações.

A BiblioSesc permanecerá até o dia 11 de dezembro, das 8h às 11h30 e das 13h30 às 18h – exceto às segundas-feiras, quando funciona das 14h às 19h. A expectativa é de que mais de mil pessoas circulem pelo projeto durante visitas pelo centro da cidade e pela zona rural. Além da disponibilização do acervo da BiblioSesc, o Sesc também doará 50 livros à biblioteca municipal. 

Para fazer consulta ou empréstimo em Assú, com prazo de devolução de 08 dias,basta apresentar documento de identidade e comprovante de residência.

O programa BiblioSesc é uma iniciativa do sistema Fecomércio/SESC/Senac no Rio Grande do Norte.

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Ufersa: Feira de Ciências do Semiárido tem mais de 200 projetos de pesquisa

A 4ª Feira de Ciências do Semiárido Potiguar é o maior evento do gênero, na região, em volume de trabalhos de pesquisas. É também a maior feira de ciências do Rio Grande do Norte por sua abrangência e caráter fundamentalmente científico e inovador.

Estudantes de 100 escolas públicas exporão os melhores trabalhos produzidos ao longo de um ano. O prestígio do evento e a qualidade dos trabalhos apresentados conferem o reconhecimento nacional da Feira de Ciências do Semiárido Potiguar, este ano na sua quarta edição. A Feira começa nesta quarta-feira (5) e prossegue até sexta-feira (7), no Expocenter – Centro de Exposições e Eventos Eneas Negreiros, na Ufersa Mossoró. 

A 4ª. Feira de Ciências do Semiárido Potiguar é parte integrante do Programa de Extensão Ciência para Todos no Semiárido Potiguar da Ufersa (Universidade Federal Rural do Semi-Árido) em parceria com a UERN (Universidade do Estado do Rio Grande do Norte) e com a Secretaria de Educação do RN

A cerimônia de abertura acontece às 19 horas desta quarta-feira (5) e a exposição dos trabalhos terá lugar nos dias 6 (das 14 às 19 horas) e 7 (das 8 às 10 horas). O encerramento do evento será no dia 7 (das 14h30 às 18 horas), quando haverá a premiação dos melhores trabalhos inscritos. A 4ª. Feira de Ciências do Semiárido Potiguar é aberta ao público, com entrada gratuita.

A comissão julgadora, composta por professores convidados, avaliará os trabalhos inscritos e escolherá os finalistas, independente da área do conhecimento. Os ganhadores receberão certificados e prêmios, incluindo inscrições em feiras de ciências nacionais e internacionais. 

Este ano, a 4ª. Feira de Ciências do Semiárido Potiguar concederá o Prêmio Professor Nota 10 para o profissional da educação que tenha mostrado resultados significativos no exercício em sala de aula. A exposição dos professores concorrentes acontecerá no dia 6, das 14 às 18 horas, no auditório da Pró- Reitoria de Extensão e Cultura da Ufersa.

PALESTRAS – Para o dia 6, quinta-feira pela manhã, estão programadas duas palestras, no auditório do Hotel Villa Oeste. A primeira palestra, com início às 8h30, será proferida pelo professor Ozimar Pereira, da rede POC-SP (Programa Olimpíadas do Conhecimento), sobre o tema “Oportunidades de participação em feiras e fóruns científicos no exterior, para projetos de iniciação científica do ensino médio”;  em seguida, das 9h30 às 10h30, falará o representante da Abric - Associação Brasileira de Incentivo à Ciência, Danillo Augusto Freire, sobre  o tema “Troca de experiência – jovens do futuro, a história de fazer ciência”.

Das 10 às 11h30, no Auditório Amâncio Ramalho, na Ufersa, o professor do IFCE – Instituto Federal do Ceará, Ricardo Ferreira da Fonseca, proferirá palestra, apenas para os docentes, sobre “Orientação de Projetos Científicos na Educação Básica”. O professor Ricardo Fonseca foi premiado na 12ª. Febrace – Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, que aconteceu este ano, em São Paulo, com o título de Professor Destaque, pelo incentivo ao desenvolvimento e formação de jovens cientistas.

A 4ª. Feira de Ciências conta também com a realização da Feira de Profissões Ufersa e UERN. O espaço contará com estandes onde serão expostas as pesquisas produzidas por alunos dos cursos de graduação oferecidos pelas duas instituições de ensino, em todo o estado. Na oportunidade, os estudantes do ensino médio terão acesso a orientações sobre inúmeras carreiras que poderão abraçar, de acordo com a vocação de cada um, nos estandes institucionais.

UFRN estimula estudantes na criação de empresas juniores

23 das 34 iniciativas de criação de empresas juniores no Estado são derivadas de cursos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Os dados são da Federação das Empresas Juniores do RN.

As empresas juniores são associações civis sem fins lucrativos, constituídas através de um estatuto registrado no Cartório Civil de Pessoas Jurídicas. São criadas e conduzidas por alunos matriculados em cursos de graduação em instituições de ensino superior com o intuito de realizar projetos e serviços que contribuam para o desenvolvimento do país.

Estudantes despertam para criação
de empresas juniores
Um exemplo que mostra as possibilidades nessa área é a da empresa júnior 4Soft criada no ano de 2011 por alunos dos cursos de Engenharia de Software e Tecnologia da Informação. A 4Soft concluiu recentemente o desenvolvimento do software Banco de Vagas para o Instituto Metrópole Digital da própria UFRN.

O Banco de Vagas é um serviço gratuito do Instituto Metrópole Digital (IMD) com o objetivo de aproximar alunos do instituto das oportunidades de emprego, estágio, bolsa e trabalhos freelancer em empresas parceiras. Nele, o estudante ou profissional de Tecnologia da Informação pode apresentar seu currículo e interesses.

“Esta será uma grande ferramenta para a captação de recursos humanos, processo fundamental dentro das empresas de Tecnologia da Informação (TI). A procura por profissionais qualificados é muito grande, até por empresas de fora do estado”, comenta o gerente executivo da Inova Metrópole do IMD, Anderson Paiva Cruz.

As empresas juniores estão em outros segmentos do mundo acadêmico da UFRN. Segundo o professor Marciano Furukava, coordenador da Central de Empresas Juniores, ainda este ano algumas EJs da UFRN estarão prestando consultoria para a Secretaria Municipal de Saúde de Natal na área de gestão pública.

Na parte estrutural estarão as empresas ADMConsult e Produtiva e na parte social a Apta Consultoria, fazendo uma parceria pioneira entre o poder público municipal e as empresas juniores.

A primeira empresa júnior do Rio Grande do Norte foi a ADMConsult, criada em 1991 exclusivamente por alunos do curso de Administração da UFRN para a realização de serviços de consultoria. Desde então, o número de EJs se multiplicou, o que levou a Universidade Federal a criar a Central de Empresas Juniores, vinculada a Pró-Reitoria de Pesquisa.

A Universidade Federal possui EJs em todos os seus Centros Acadêmicos: ADM Consult (Administração), 4Soft (Engenharia de Software), Apta Consultoria Jr (Psicologia), Consej (Direito), CTJ (Engenharia Têxtil), Doc. Ctrl (Biblioteconomia), Ecosin (Ecologia), Eject (Ciência e Tecnologia), Geologus Jr (Geologia), Nuteq (Engenharia Química), Produtiva Júnior (Engenharia de Produção), Universitur (Turismo), Cursinho DCE, Sigma Consultoria (Estatística), 59 Mil (Publicidade), Caroá Design (Design), Contabili Júnior (Ciências Contábeis) e Start (Tecnologia da Informação).

RN Júnior

Fundada no ano de 2010, a RN Júnior é a federação que representa, regulamenta e desenvolve as Empresas Juniores do Rio Grande do Norte. É uma organização sem fins lucrativos que tem por função dar suporte às EJs e atuar em prol do fomento, do fortalecimento e da divulgação do Movimento Empresa Júnior perante a sociedade potiguar.

A RN Júnior é federada à Brasil Junior (BJ) Confederação Brasileira de Empresas Juniores, formada atualmente por 14 federações, representando 13 estados e o Distrito Federal, o órgão nacional do Movimento Empresa Júnior (MEJ).

O MEJ teve início na década de 60 na França a partir da iniciativa dos estudantes de graduação da Faculdade de Ciências Comercias e Econômicas de Paris e chegou ao Brasil em 1988. O movimento brasileiro se expandiu tanto que em apenas sete anos surgiram 100 empresas, número que foi atingido no país de origem somente em 19 anos. Atualmente, são mais de 27 mil universitários espalhados em cerca de 1.200 empresas juniores e realizando mais de 2 mil projetos por ano.

sábado, 1 de novembro de 2014

UFRN: Escola Agrícola de Jundiaí tem projeto para reflorestar a caatinga do Seridó

Projeto da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) pretende plantar 50 mil mudas de vegetação nativa em áreas degradas da caatinga do Seridó localizada no município de Parelhas.

A intenção do projeto, lançada na noite da última sexta-feira na praça centra de Parelhas, é se estender por todas as áreas degradadas da caatinga da região.

O projeto Florescer é realizado pela  Unidade Acadêmica Especializada em Ciências Agrárias da Escola Agrícola de Jundiaí, instituição de ensino vinculada a UFRN. Segundo a professora Magda Maria Guilhermino, uma das organizadoras do projeto, o reflorestamento do município de Parelhas deve ser totalizado ao longo de cinco anos.