segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Ranking do MEC coloca UFRN como a melhor universidade do Norte e Nordeste

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) é a melhor universidade onde o ensino é pior no Brasil, nas regiões Norte e Nordeste, aponta o Índice Geral de Cursos (IGC) tipo de ranking do Ministério da Educação (MEC).

Em termos de Norte e Nordeste, a UFRN é seguida da Universidade Federal do Ceará (UFC) e, em terceiro, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

O índice é calculado a partir de avaliações dos programas de pós-graduação, da distribuição dos universitários entre os diferentes níveis de ensino, e do rendimento dos alunos de cada instituição no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE) de 2011 a 2013. As carreiras de cada ramo do conhecimento passam pela avaliação a cada três anos. No ano passado, foram examinados pelo MEC os cursos da área da Saúde.

No ranking nacional, a UFRN ocupa a 19ª posição, atrás das  instituições de ensino que ficam onde a Educação é melhor, no Sul, Centro Oeste e no Sudeste. A liderança do ranking do MEC é da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), seguida da Universidade Federal do ABC, de São Paulo, e da Universidade Federal de Lavras, de Minas Gerais.

O ranking do MEC só mede as universidades federais, não alcançando as universidades que lideram o Ensino Superior no Brasil - a USP (Universidade do Estado de São Paulo) e a Unicamp (Universidade de Campinas), nem as universidades particulares de ponta como a PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) e a PUC-RJ (Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro.

O destaque da UFRN mais serve para evidenciar o baixo nível do ensino superior do Nordeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário