Pular para o conteúdo principal

Natal: Robinson Faria e Francisco das Chagas abrem ano letivo com visita a Escola Manoel Dantas e ao Atheneu

Governador e secretário na Escola Manoel Dantas
Ano letivo 2015 é aberto no Rio Grande do Norte com as presenças do governador Robinson Faria e do secretário da Educação, professor Francisco das Chagas Fernandes, na Escola Estadual Manoel Dantas e no Colégio Atheneu Norte-Rio-Grandense, em Natal.

Robinson Faria e Francisco das Chagas estiveram inicialmente na Escola Estadual Manoel Dantas, no bairro do Tirol. Fechada na administração anterior, A Escola Manoel Dantas foi mantida em funcionamento pela atual gestão após ouvir os professores, estudantes e pais. Funcionará no ano letivo atendendo a 160 alunos em Educação de período integral.

O governador Robinson Faria destacou a reabertura da Escola e, consequentemente, da manutenção da oferta do ensino, como uma vitória da cidadania. “Hoje é um dia de vitória. Vitória da cidadania e da esperança, por que se fortalece a educação, que é um dos compromissos fundamentais do nosso Governo”, disse o governador.

Com o fechamento da Escola, suas dependências serviriam para o funcionamento de um Centro de Treinamento da Polícia Civil. “Mas ao ouvir a comunidade escolar, decidi pela reabertura, atendendo ao clamor das pessoas, o seu grito por cidadania”, afirmou Robinson Faria.

A nova Escola Manoel Dantas passa a funcionar em regime integral, recebendo crianças dos 06 aos 12 anos de idade, no ensino fundamental. A Escola vai executar o projeto pedagógico Esquina do Conhecimento, informa a professora Cláudia Santa Rosa, com metas de aprendizado e todos os alunos participarão de oficinas nas áreas de língua portuguesa, matemática, escrita criativa, ciências da natureza e ciências humanas.

“A sensibilidade do Governo do Estado e a efetiva participação da comunidade escolar foram os diferenciais que mantiveram a Escola Manoel Dantas em funcionamento. A Secretaria da Educação vai abraçar esta escola em todos os sentidos. Todos os recursos para garantir seu funcionamento este ano serão do Governo do Estado”, destacou o secretário da Educação do RN, Francisco das Chagas.

A senadora Fátima Bezerra, que é professora da rede estadual, participou da solenidade e disse que “a reabertura da Escola Manoel Dantas significa atuar dentro das metas do Plano Nacional de Educação, que tem como objetivo ampliar o ensino e valorizar a educação e o professor”. Ela acrescentou que a iniciativa do Governo do Estado mostra que a atual administração está empenhada em promover melhorias e mais qualidade à educação pública.

A coordenadora do Sindicato dos Trabalhadores na Educação do RN – Sinte-RN, professora Fátima Cardoso, destacou que foi preciso uma decisão política para que a Escola Manoel Dantas voltasse a funcionar. “E esta decisão foi tomada pelo Governo do Estado. Estamos à disposição, no sindicato, para promover a educação e atender nossas crianças”, registrou.

Ao final, o aluno Francisco Miguel dos Santos, 10 anos de idade e aluno do 4° ano, se aproximou do Governador e disse: “Quero agradecer pelo senhor não ter fechado a escola. Eu estudo aqui há dois anos e gosto muito”. Francisco Miguel é filho de uma costureira e de um trabalhador da área de segurança e mora no conjunto Nova Natal, na zona norte da capital. É sua mãe que todos os dias o leva à escola Manoel Dantas.

A solenidade contou também com as presenças da secretária estadual de Comunicação, Georgia Nery, da secretária estadual de Políticas para as Mulheres, Teresa Freire, do deputado estadual Fernando Mineiro, dos vereadores em Natal, Hugo Manso, Eleika Bezerra e Amanda Gurgel, do neto de Manoel Dantas, Edgar Dantas, do presidente da Liga de Ensino do RN, Manoel de Brito.

Ainda na manhã desta segunda-feira (2), o governador Robinson Faria e o secretário Francisco das Chagas estiveram na abertura do ano letivo no Colégio Estadual Atheneu Norte-rio-grandense, no bairro de Petrópolis. O Atheneu é uma unidade de ensino tradicional, tem 181 anos de criação, e, hoje, 1.800 alunos no ensino médio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

UFRN: Professora Selma Jerônimo recebe prêmio da Universidade de Iowa nos Estados Unidos

Trabalho de pesquisas desenvolvido pela professora Selma Jerônimo, da  Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) na área de saúde pública, foi contemplado com o prêmio internacional Impact Award, concedido pela Universidade de Iowa, dos Estados Unidos. O prêmio é destinado à profissionais ou às instituições que colaboram com a Universidade de Iowa na construção de conhecimentos voltados para programas sociais que melhorem a vida das pessoas. Professora Selma Jerônimo A pesquisadora Selma Jerônimo, diretora do Instituto de Medicina Tropical da UFRN, é parceira da Universidade de Iowa desde o ano de 1996. Ela lembra a importância que está tendo o conhecimento gerado no próprio Instituto, na Escola Maternidade Januário Cicco, no Centro de Biologia da UFRN e no Departamento de Infectologia do Hospital Gizelda Trigueiro, para melhorar a vida das pessoas no Rio Grande do Norte. “A contribuição diária do IMT, MJEC, CB e do Departamento de Infectologia do HGT quebra o cic

Moacir de Lucena: o semeador de escolas

Moacir de Lucena e família em solenidade da UFRN (outubro de 2003) Matéria publicada na edição de novembro da Revista Foco English version Professor, tipógrafo, juiz, advogado, músico, jornaleiro, poeta, normalista, chefe escoteiro, esportista, animador cultural, educador itinerante.  Em sua trajetória de 100 anos de vida pelo Rio Grande do Norte, o oestano filho de Martins, Moacir de Lucena, procurou ser, acima de tudo, um servidor na luta pelo progresso social das pessoas. Desde cedo entendeu que esse progresso social só chegaria pela via da Educação.  Neste campo, de forma inovadora criou um método próprio de alfabetização com resultados concretos junto aos estudantes. Método que depois foi empregado com estardalhaço por Paulo Freire. Mas, Moacir de Lucena chegou antes, sem estardalhaço, sem propaganda, mas com a luminosidade das coisas feitas e da transformação extraordinária do analfabeto em alfabetizado. Entre as tentativas de definir Moacir de Lucena, seu filho L

7º SEL: UFRN prepara grande evento de Educação e Leitura para novembro

Reunião com a reitora sobre o 7º  SEL Matéria atualizada às 12h30 desta quinta-feira (2) Estão adiantados os preparativos para o 7º Seminário Educação e Leitura da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), um dos maiores eventos no gênero no país. O 7º Seminário Educação e Leitura (SEL) acontece de 11 a 14 de novembro no Centro de Convenções do Praiamar Natal Hotel, em Ponta Negra, e deverá reunir mais de 1.000 participantes de todas as regiões do Rio Grande do Norte e de várias partes do Brasil. Em reunião ocorrida na manhã desta quinta-feira (2) a reitora da UFRN, Ângela Paiva garantiu total apoio ao evento. Participaram da reunião no gabinete da reitoria, a professora Marly Amarilha, a diretora do Centro de Educação da UFRN, Márcia Gurgel, e a professora Ângela Naschold, da equipe de organização do Seminário. As inscrições estão abertas a partir desta quarta-feira (01) para ouvintes e para apresentação de trabalho ou oferta de minicurso.  Equipe do Se